Gamers sofreram quase 6 milhões de ataques virtuais em 1 ano. Tem como jogar seguro?

Estudo da Kaspersky mostra que softwares indesejados estavam disfarçados de jogos populares. Veja dicas para jogar com segurança

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

Há casos em que uma brincadeira pode se transformar numa dor de cabeça. Só no período de 1 ano, entre o terceiro trimestre de 2020 e o segundo trimestre de 2021, gamers (jogadores online) sofreram quase 6 milhões de ataques virtuais. 

São golpistas que disfarçam programas maliciosos com jogos populares e assim roubam dados e tentam enganar esses gamers para roubar dados pessoais. 

As informações são da consultoria Kaspersky, especializada em segurança digital, que identificou 5,8 milhões de tentativas de roubos de dados com malwares e softwares maliciosos, em geral. 

A Kaspersky diz que “o aumento pode estar relacionado ao rápido crescimento do mercado de jogos eletrônicos durante a pandemia”, período em que muitas pessoas procuraram atividades para fazer em casa por causa das restrições de deslocamento. 

Os dados são do último relatório de ciberameaças para games, no qual os pesquisadores da consultoria avaliaram as mudanças dos ataques ao longo dos meses de distanciamento social.

Os resultados mostram que as ameaças virtuais relacionadas a jogos para computador dispararam com o início do distanciamento social. 

No segundo trimestre de 2020, foram 2,48 milhões de detecções no mundo todo. O aumento é de 66% em relação ao primeiro trimestre de 2020, quando foram detectados 1,48 milhão de ataques. 

A Kaspersky ainda destaca que, “curiosamente, o número de ataques caiu drasticamente no segundo trimestre de 2021, para 637 mil tentativas”.

Games para celular também são usados como isca
Um jovem com fone de ouvido na frente de um grande computador joga algum jogo no celular sobre o teclado numa sala com iluminação neon

A pesquisa mostra que o número de jogadores afetados com ataques em celular cresceu 185% no início da pandemia. De 1,1 mil em fevereiro de 2020, o número saltou para 3,2 mil em março do mesmo ano.

O levantamento mostra que as ameaças para dispositivos móveis são muito atraentes para os cibercriminosos, mesmo com o distanciamento social sendo suspenso em várias partes do mundo. De acordo com o relatório, o Brasil está em segundo lugar no ranking dos países onde há mais ataques contra gamers. 

O jogo Minecraft é o mais usado para aplicar golpes, tanto na categoria de computador quanto nos dispositivos móveis. A popularidade é explicada pela existência de várias versões e modificações adicionais que podem ser instaladas sobre o jogo para diversificá-lo e melhorar a experiência. 

De julho de 2020 a junho de 2021, foram distribuídos 36,3 mil arquivos disfarçados de Minecraft. Isso afetou 185 mil usuários de computador e resultou em 3 milhões de tentativas de infecção. É quase metade dos arquivos e ataques detectados.

Como jogar com segurança
Imagem mostra um gamer de costas, sentado, com os braços erguidos como se estivesse comemorando a vitória num jogo

Como o intuito de jogar online é se divertir – e não passar perrengue com tentativas de roubo de dados –, é bom saber algumas dicas de segurança para não ter problemas no futuro. 

Veja abaixo algumas dicas da Kaspersky para jogar em segurança

  • Use senhas fortes e únicas para cada conta. Deve-se evitar também o uso da mesma senha de outros serviços online em suas contas nos jogos.

  • Baixe aplicativos apenas de lojas oficiais, como a Apple App Store, Google Play ou Amazon Appstore. Embora os aplicativos nesses mercados não sejam 100% seguros, pelo menos são revisados pelos representantes da loja e há um sistema de filtragem.

  • Evite comprar a primeira coisa que aparecer. Tente ler algumas avaliações de outros usuários (e gamers) antes de gastar dinheiro com um jogo pouco conhecido. Se algo for suspeito, é possível que as pessoas percebam e já tenham dado dicas de segurança. Isso ficará claro nos comentários de outros jogadores.

  • Não clique nem insira seus dados em links para sites externos de bate-papos dos jogos e sempre verifique cuidadosamente o endereço de qualquer recurso que solicite seu nome de usuário e senha; a página pode ser falsa.

  • Evite baixar software pirata e outros conteúdos ilegais.

  • Use uma solução de segurança. Dê preferência para soluções que não impactem o desempenho do jogo para não comprometer sua diversão. Os dispositivos móveis também precisam de proteção.

Aproveite ainda para conferir algumas dicas de segurança para comprar online. Essas sugestões ainda vão te ajudar a economizar uma grana. Vem ver aqui!