Como vai ficar a declaração do Imposto de Renda em 2021?

Controle
Seus Gastos
Por Rodrigo Chiodi

A declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) teve algumas alterações em 2020 por causa da pandemia. Ainda não se sabe ao certo o que vai voltar ao normal em 2021 e o que continua com mudanças por causa da Covid-19.

A grande mudança no ano passado foi o prazo de entrega. Normalmente, você pode entregar a sua declaração entre 1º de março e 30 de abril. Por causa da pandemia, em 2020 a Receita Federal ampliou o prazo para 30 de junho. Ainda não foi divulgada nenhuma alteração de calendário para este ano. Mas basta ficar de olho no noticiário porque essa informação vai ser bastante divulgada porque, todos os anos, mais de 32 milhões de pessoas entregam a declaração.

O que não muda

Você tem a obrigação de fazer a declaração do IR se tiver recebido em 2020 rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70. Este é o mesmo valor que valia para o ano passado.

Se forem rendimentos de atividades rurais acima de R$ 142.798,50 ou rendimentos isentos — não tributáveis ou tributados somente na fonte —, cuja soma for superior a R$ 40.000,00, você também precisa fazer a declaração.

A forma de fazer a declaração continua a mesma dos anos passados. Você pode fazer pela web, baixando o aplicativo no site da Receita, ou pelo celular — tanto por app Android ou iOS.

Alguns itens do calendário foram mantidos pela Receita. Por exemplo, as datas de restituição não foram alteradas no ano passado. Ela continou sendo feita em cinco lotes, que foram pagos de maio a dezembro. Tiveram prioridade idosos, pessoas com deficiência e portadoras de doenças graves. 

Dúvida sobre a simplificação

Por causa da pandemia, a Receita simplificou uma parte do processo em 2020. Você não precisava informar o número do recibo da declaração do ano anterior. Ainda não se sabe se isso vai continuar assim, mas é possível que sim. A decisão foi tomada naquele momento porque alguns contribuintes que usam a versão impressa precisam ir até unidades da Receita para resgatar o recibo. Isso pode gerar aglomeração, o que não é recomendado no combate à Covid-19.

Como fazer a declaração

Acesse o site da Receita que oferece o download do programa de declaração para 2021. O endereço é este:

https://www.gov.br/receitafederal/pt-br/assuntos/irpf/2020/download/download-do-programa

Daí, então, siga o seguinte passo a passo:

  1. Escolha por onde quer fazer a declaração. Se for por computador, escolha uma das plataformas (Windows, Mac, Linux). Se for por celular, escolha Android ou iOS.

  2. Baixe o programa no seu computador ou celular.

  3. Execute a instalação. No caso de celular, essa etapa é bem mais simples porque a instalação é automática.

  4. Se você souber onde estão os arquivos da declaração do ano anterior, vai ficar mais fácil. Resgatar a declaração passada vai ajudar você a economizar tempo. Caso contrário, tenha a declaração anterior em mãos (impressa ou em PDF) — ou, pelo menos, o número do Recibo. Vai ajudar a não precisar começar a declaração do zero.