1 em cada 4 com contas atrasadas vai às compras no Dia dos Namorados

Pesquisa também mostra que 35% reconhecem gastar mais do que podem na hora de presentear seu par

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

Para muitos brasileiros, vale tudo para agradar o parceiro. Uma em cada 4 (26%) pessoas entrevistadas pretendem comprar presentes para o Dia dos Namorados mesmo com contas em atraso. 

É isso o que mostra pesquisa feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) junto ao SPC Brasil.

Entre esse, 66% estão com o CPF negativado em serviços de proteção ao crédito. Além disso, 8% dizem que deixarão de pagar alguma conta para presentear a pessoa amada.

O levantamento também aponta que 35% dos consumidores reconhecem gastar mais do que podem na hora de comprar o presente do Dia dos Namorados, celebrado no Brasil no dia 12 de junho.

Os motivos para ultrapassar os limites do orçamento, segundo os entrevistados são:

  • por achar que ele(a) merece: 35%

  • querer agradar o parceiro(a) não se importando se vão gastar mais do que deveriam: 27%

  • gostar de agradá-lo(a), independente de terem que fazer dívidas para isso: 16%.

A especialista em finanças da CNDL, Merula Borges, afirmou num comunicado da instituição que as pessoas com contas em atraso podem ter outras formas de surpreender a pessoa amada sem comprometer ainda mais as finanças.

“Fazer um esforço além da própria capacidade de pagamento pode comprometer ainda mais o orçamento. É preciso, acima de tudo, ter disciplina para conter os gastos e usar a criatividade”, disse.

A pesquisa foi realizada pela internet com consumidores das 27 capitais brasileiras, homens e mulheres, com idade igual ou maior a 18 anos, de todas as classes econômicas. O intervalo de confiança é de 95%.

Roupas, perfumes e calçados no topo da lista do Dia dos Namorados

alt  Imagem mostra uma caixa aberta no colo de uma pessoa branca, de calça jeans clara, sentada no chão com as pernas cruzadas, sobre um tapete listrado branco e azul. Dentro da caixa, aparecem frascos que parecem ser de cosméticos. À frente dessa pessoa, é possível perceber parte de um laptop, também no chão.

Ao todo, 57% das pessoas entrevistadas pretendem ir às compras para presentear seus pares no Dia dos Namorados. A estimativa é de que 92 milhões de brasileiros adquiram ao menos um produto.

A pesquisa aponta também que o esposo ou a esposa aparecem em primeiro lugar (61%) quando os entrevistados são questionados sobre quem irão presentear. Em seguida, com 31%, aparecem os namorados.

Os presentes mais procurados na data são os seguintes, de acordo com a pesquisa:

  • roupas: 37%

  • perfumes, cosméticos e maquiagem: 34%;

  • calçados: 23%;

  • um jantar: 19%;

  • bombons e chocolates: 19%.

Entre as principais formas de pagamento, 26% pretendem optar pelo parcelamento no cartão de crédito, enquanto que 18% devem usar o mesmo método, mas à vista. Por fim, 18% indicam o cartão de débito como opção preferida. 

Em média, o consumidor brasileiro deve gastar R$ 196 com os presentes do Dia dos Namorados. O valor médio aumenta para R$ 234 entre as pessoas das classes A e B. 

A pesquisa mostra que 34% dos consumidores pretendem gastar mais neste ano do que no ano passado. Já 31% querem gastar o mesmo valor, enquanto 18% indicam que devem gastar menos

Para gastar mais, as principais razões são as seguintes: comprar um presente melhor (64%), aumento dos preços (40%) e melhora de salário (30%).

Já para gastar menos, os motivos são estes: querer economizar (53%); situação financeira difícil (50%); e inflação e instabilidade econômica (25%).

Uma boa forma de controlar os seus gastos e evitar uma situação de inadimplência é fugir das compras por impulso. Aqui neste artigo você descobre 5 dicas valiosas para poupar e ter mais grana no bolso.

neste outro artigo você encontra 7 dicas para negociar dívidas e sair do vermelho. Assim fica até mais fácil presentear.