Depois de 8 altas seguidas, preço médio da gasolina fica estável

Pesquisa da ANP mostra que valor ficou em R$ 6,092, o mesmo da semana anterior; valor do etanol subiu outra vez

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

Depois de aumentar durante 8 semanas seguidas, o preço médio da gasolina no Brasil mostrou estabilidade na semana dos dias 26 de setembro a 2 de outubro. O valor é de R$ 6,092, de acordo com pesquisa semanal divulgada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP).   

Há ainda uma outra forma de enxergar essa situação: o preço médio da gasolina comum no Brasil não cai há 8 semanas seguidas, segundo a ANP. 

Na semana dos dias 18 ao 24 de julho, o preço médio da gasolina no país era de R$ 5,833. Depois, na semana dos dias 25 ao 31 de julho, caiu para R$ 5,822. 

Desde então, o valor subiu sem parar até atingir uma estabilidade nesta última semana pesquisada, estacionando em R$ 6,092 no levantamento feito do dia 26 de setembro a 2 de outubro. 

Veja abaixo a evolução semanal do preço média do litro da gasolina no Brasil, de acordo com as pesquisas realizadas pela ANP:

  • 25 a 31 de julho: R$ 5,822

  • 1º a 7 de agosto: R$ 5,853

  • 8 a 14 de agosto: R$ 5,866

  • 15 a 21 de agosto: R$ 5,955

  • 22 a 28 de agosto: R$ 5,982

  • 29 de agosto a 4 de setembro: R$ 6,007 

  • 5 a 11 de setembro: R$ 6,059

  • 12 a 18 de setembro: R$ 6,076 

  • 19 a 25 de setembro: R$ 6,092

  • 26 de setembro a 2 de outubro: R$ 6,092

Para fazer a pesquisa, a agência consultou o valor do combustível em 4.658 postos de gasolina em todos os estados brasileiros.

Etanol sobe há pelo menos 9 semanas

Imagem mostra uma bomba de gasolina enchendo o tanque de um carro

Se por um lado o valor da gasolina apresentou uma estabilidade ao menos nesta última semana, o etanol continua a subir de preço médio sem parar no Brasil.

Na mesma pesquisa semanal da ANP, dos dias 26 de setembro a 2 de outubro, o valor médio do etanol bateu a marca de R$ 4,736.

Veja abaixo a evolução do valor do etanol, de acordo com as pesquisas semanais da ANP: 

  • 25 a 31 de julho: R$ 4,326

  • 1º a 7 de agosto: R$ 4,339

  • 8 a 14 de agosto: R$ 4,399

  • 15 a 21 de agosto: R$ 4,497

  • 22 a 28 de agosto: R$ 4,562

  • 29 de agosto a 4 de setembro: R$ 4,611

  • 5 a 11 de setembro: R$ 4,653

  • 12 a 18 de setembro: R$ 4,704 

  • 19 a 25 de setembro: R$ 4,715

  • 26 de setembro a 2 de outubro: R$ 4,736

Não vale a pena trocar gasolina por etanol

Imagem mostra uma mulher de oculos dentro de um carro mexendo no celular

Por causa desse aumento contínuo dos preços médios do etanol que ainda não vale a pena, financeiramente, motoristas de carros flex substituírem a gasolina por esse combustível.

A gente sabe disso porque o potencial de gerar energia do etanol é de aproximadamente 70% do potencial da gasolina. Isso quer dizer que, para compensar financeiramente, o etanol precisa custar menos de 70% do que custa a gasolina. 

Esse não é o caso em nenhum estado brasileiro até o momento, considerando os preços médios dos 2 combustíveis divulgados pela ANP. 

Isso não quer dizer, por exemplo, que haja um posto onde os valores cobrados pela gasolina e pelo etanol tornem vantajoso trocar um combustível pelo outro. 

Repetindo: a ANP calcula os preços médios. Por isso, o ideal é que você sempre confira no local onde abastece para ver se vale a pena ou não. 

Como, em geral, não está sendo vantajoso trocar esses 2 combustíveis, o brasileiro tem se perguntado: “Como faço para economizar?”. Essa pergunta tem sido cada vez mais pesquisada no Google neste momento de alta dos preços. Para ajudar a respondê-la, veja aqui algumas dicas você mesmo.