Preço médio da gasolina volta a aumentar no Brasil, mostra pesquisa da ANP

Combustível teve reajuste nas refinarias no último sábado (9). Valor do etanol continua a subir

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

O preço médio da gasolina no Brasil voltou a aumentar, de acordo com a pesquisa semanal divulgada pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis). Agora, esse valor é de R$ 6,117.

Para chegar a esse valor médio da gasolina, a ANP consultou 4.637 postos em todos os estados do Brasil na semana do dia 3 a 9 deste mês. 

O aumento do preço médio da gasolina para R$ 6,117 ocorre após uma estabilidade na semana imediatamente anterior, quando o valor de R$ 6,092 não apresentou alteração em relação à pesquisa anterior. 

Veja abaixo a evolução semanal do preço médio da gasolina no Brasil, de acordo com as pesquisas da ANP: 

  • 25 a 31 de julho: R$ 5,822

  • 1º a 7 de agosto: R$ 5,853

  • 8 a 14 de agosto: R$ 5,866

  • 15 a 21 de agosto: R$ 5,955

  • 22 a 28 de agosto: R$ 5,982

  • 29 de agosto a 4 de setembro: R$ 6,007 

  • 5 a 11 de setembro: R$ 6,059

  • 12 a 18 de setembro: R$ 6,076 

  • 19 a 25 de setembro: R$ 6,092

  • 26 de setembro a 2 de outubro: R$ 6,092

  • 3 a 9 de outubro: R$ 6,117

Os números acima mostram aumentos sucessivos (8, no total) no preço médio da gasolina, até ocorrer a estabilidade da semana anterior. E, agora, uma nova alta. 

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou na última sexta-feira (8) que os combustíveis foram alguns dos principais vilões da inflação em setembro.

A gasolina, por exemplo, subiu 2,32% naquele mês. Já o etanol aumentou 3,79%. Em 12 meses, o IBGE indicou que o preço da gasolina aumentou 39,60%, e o do etanol, 64,77%. 

Não vale a pena trocar álcool por etanol 

Imagem mostra a mão de uma pessoa segurando uma bomba de gasolina que abastece um carro 
Com o aumento do preço da gasolina, motoristas de carros flex costumam se perguntar: Vale a pena, financeiramente, substituir a gasolina pelo etanol?

A resposta para essa pergunta é não.

Isso porque, apesar do aumento da gasolina, o etanol também tem aumentado no Brasil. Como o etanol tem cerca de 70% da eficiência de geração da gasolina, precisa custar também até 70% para compensar. E este não é o caso em nenhum estado pesquisado pela ANP. 

Aliás, o preço médio do etanol voltou a subir no Brasil, de acordo com a pesquisa semanal da ANP. 

Veja abaixo a evolução do valor do etanol, de acordo com as pesquisas semanais da ANP: 

  • 25 a 31 de julho: R$ 4,326

  • 1º a 7 de agosto: R$ 4,339

  • 8 a 14 de agosto: R$ 4,399

  • 15 a 21 de agosto: R$ 4,497

  • 22 a 28 de agosto: R$ 4,562

  • 29 de agosto a 4 de setembro: R$ 4,611

  • 5 a 11 de setembro: R$ 4,653

  • 12 a 18 de setembro: R$ 4,704 

  • 19 a 25 de setembro: R$ 4,715

  • 26 de setembro a 2 de outubro: R$ 4,736

  • 3 a 9 de outubro: R$ 4,775

Além dos combustíveis, outro grande vilão da inflação em setembro foi a energia. Veja algumas dicas para economizar na conta de luz