Esses 5 erros são comuns em entrevista de emprego. Conheça para evitar

Na busca por trabalho, é fundamental errar o mínimo possível, então fuja dos erros mais comuns em entrevistas

Renda
Extra
Por Redacao PAN

Quem precisa de trabalho ou quer trocar de empresa deve saber como ir bem em uma entrevista de emprego e evitar cometer erros que podem ser comuns. Afinal, ninguém quer deixar uma boa oportunidade passar.

Além das qualificações, cursos e experiências profissionais, fazer uma boa entrevista também ajuda a conseguir um trabalho. Por isso, quanto menos você errar diante de entrevistadores, maiores as possibilidades de conseguir a aprovação.

Muita gente sonha com um emprego: são mais de 14 milhões de brasileiros em busca de trabalho (mais de 14% da população economicamente ativa), segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) sobre o período entre março e maio.

Para ajudar, fizemos uma seleção de erros apontados por consultorias de recursos humanos. Entender quais os principais erros na hora da entrevista com a pessoa responsável por uma vaga aumenta as chances de sucesso na aprovação do processo seletivo.

  1. Não estudar a empresa na qual você quer entrar

foto mostra um homem e uma mulher conversando diante de notebook. A mulher é negra, tem cabelo cacheado e usa camisa social branca. O homem é branco, tem cabelo curto, barba longa e usa paletó. Ambos estão com ambiente de escritório ao fundo.

Tem quem faça uma entrevista de emprego com a cara e a coragem, sem se preparar devidamente. Esse é um erro que dificilmente será perdoado na hora da conversa com o time de Recursos Humanos ou contratante.

Por isso, estude a empresa. Entre no site, veja páginas em redes sociais, procure informações na imprensa e leia mais sobre o mercado de atuação do negócio. Faça a “lição de casa” para saber como responder a qualquer pergunta que façam sobre a empresa.

Entenda a missão, visão e valores, quais os principais clientes, o que a empresa faz, qual sua história e os principais líderes ou donos do negócio, entre outros dados que vão mostrar como você tem interesse em trabalhar lá.

  1. Não prestar atenção à descrição da vaga

Depois de estudar a empresa, é o momento de analisar a descrição da vaga. Saiba em detalhes o que a empresa espera de quem assumir a posição de trabalho. Se não fizer isso, ficará claro na entrevista que você não entendeu o que esperam de você neste emprego.

Você pode inclusive perguntar as atividades quando a empresa entrar em contato para marcar a entrevista.

Então tenha atenção aos requisitos, atividades a serem desempenhadas, competências esperadas e conhecimentos técnicos exigidos para a vaga. Tudo isso ajuda a mostrar como suas experiências e habilidades podem ser usadas caso tenha a aprovação.

Pode acontecer de você não preencher 100% das exigências, mas sim uma boa parte delas.Ter atenção aos pré-requisitos da vaga também ajuda a mostrar quais deles são preenchidos e quais podem ser aprimorados. 

foto mostra duas mulheres conversando em cena de entrevista de emprego. De costas para a foto, uma mulher de cabelos cacheados pretos e blusa azul. Em frente à ela e de frente para a foto, uma mulher de cabelos lisos pretos e blusa azul gesticula. Elas estão sentadas diante de mesa com caderno e notebook, em sala de reunião com escritório ao fundo.

A vida profissional pode ser carregada de problemas, porém dar foco demais neles durante uma entrevista de emprego pode causar a impressão de que você só sabe reclamar e não traz soluções para resolver desafios em uma empresa.

Evite reclamar de empregos anteriores. Fale dos obstáculos, mas principalmente de como eles foram superados com suas habilidades. Procure trazer exemplos de como uma situação difícil e problemática foi resolvida, reforçando o aspecto de superação.

Por fim, jamais fale mal de chefes ou de outras empresas, pois isso não é bem visto no mercado. Além de trazer uma má impressão profissional, pode acontecer de os seus entrevistadores conhecerem pessoas que trabalharam com você.

  1. Ser falante ou quieto demais na entrevista de emprego

A ansiedade pode travar alguém que seja mais tímido e fazer com que a pessoa fale pouco ou quase nada durante a entrevista. Pelo mesmo motivo, outras pessoas começam a falar além da conta para tentar superar o nervosismo diante de entrevistadores.

Tanto uma atitude quanto outra  pode jogar contra quem disputa uma vaga. Por isso, é importante falar na medida certa: nem pouco, de forma que não seja possível entender o que foi falado; nem demais, de um jeito que a resposta fuja do assunto ou fique longa demais.

É possível perceber sinais para ajustar a fala durante a entrevista:

  • caso a conversa comece a ficar com “silêncios”, pode ser necessário detalhar um pouco mais as respostas

  • se recrutadores pedem para você explicar melhor uma resposta, é importante ser mais claro e complementar a sua fala

  • caso quem está entrevistando você mal consiga falar ou completar um raciocínio, é sinal de que é melhor responder de forma mais objetiva e sucinta

  • o mesmo acontece se você percebe que ficou com a garganta seca de tanto falar: tome um gole de água e fale um pouco menos.

Logo, fale o suficiente para deixar espaços para perguntas dos recrutadores e para que eles não tenham dúvidas a seu respeito. Mas tenha foco na questão e responda apenas aquilo que foi perguntado.

E por falar em perguntas, tirar dúvidas e questionar entrevistadores é uma boa forma de interagir e mostrar interesse pelo trabalho.

  1. Fazer comentários genéricos e dar respostas vagas

foto mostra mulher com olhar de concentração diante de notebook, sentada diante de mesa de reunião. A mulher é negra, tem cabelos cacheados longos castanhos e veste blusa branca. Ao seu lado, na mesa, está um celular (à esquerda da foto) e uma xícara de café (direita)

Responder perguntas de maneira vaga é um erro que pode custar uma aprovação. Muita gente falha e não dá uma resposta convincente e firme para perguntas comuns em entrevistas. Por isso, pense desde já como você responderia caso te perguntassem:

  • “Me fale mais sobre você”

  • “Por que devemos te contratar?”

  • “Por que você quer trabalhar aqui?”

  • “Quais seus pontos fortes e fracos?”

  • “Como você se vê daqui 5 anos?”

As respostas para essas e outras perguntas do gênero devem mostrar a sua personalidade, habilidades e capacidade de assumir o desafio proposto pela vaga. Logo, na entrevista de emprego, mostre quem você é e como seu trabalho agrega valor para a empresa.

Também fuja de respostas clichês, como dizer que o maior ponto fraco é ser perfeccionista. Claro que ninguém gosta de mostrar os próprios defeitos em uma entrevista, mas é importante usar a sinceridade para evitar mal entendidos no futuro.

Quem entrevista candidatos procura saber de forma transparente qual a personalidade, experiência e habilidades de uma pessoa. Logo, é fundamental falar sempre a verdade e responder às perguntas da maneira mais completa possível.

infográfico com trechos do texto que mostram erros comuns em entrevista de emprego, em forma de lista.

No canal do YouTube Pra Fazer Mais, do Banco PAN, o creator Bruno Vlogs mostra, de maneira divertida, as frases que você não deve falar em uma entrevista de emprego. Confira!

Depois de conhecer os erros mais comuns na entrevista de emprego e entender como você consegue evitá-los, é hora de ir à luta pela sua vaga! Para te ajudar, veja 10 sites de busca de emprego.