65 mil estão com auxílio por incapacidade temporária do INSS suspenso

Motivo da suspensão é não terem feito o agendamento da perícia médica revisional. Entenda como resolver.

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) informou que 65 mil pessoas têm suspenso o auxílio por incapacidade temporária, que é o antigo auxílio-doença. O motivo disso é não terem feito o agendamento da perícia médica revisional.

O processo de revisão dos benefícios começou em julho, com a convocação de 173 mil segurados. Depois, em setembro, sobraram ainda 95 mil beneficiários que foram convocados a fazer a revisão

No entanto, de lá para cá, cerca de 30 mil já fizeram pelo menos o agendamento. Agora, há ainda 65 mil segurados que ainda precisam agendar a revisão. 

Houve prazo para que o agendamento fosse realizado até o dia 19 de novembro sem ter risco de suspensão do benefício. 

O prazo para agendamento da perícia continua aberto enquanto durar o programa revisional. O INSS não informou até exatamente quando o agendamento ocorrerá.

Mas o órgão acrescentou que a agenda para fevereiro e março do ano que vem já está aberta em algumas unidades. 

É importante ressaltar que, no ato do agendamento, os benefícios suspensos são reativados imediatamente.

“Assim sendo, não será aberto novo prazo porque não houve encerramento deste. O programa continua ativo, basta o segurado fazer o agendamento da perícia”, reforçou o INSS, em nota enviada ao Blog Amigo do Dinheiro.

Como agendar a perícia médica do INSS
Uma mulher branca com máscara azul, cabelo liso, mochila nas costas, casaco azul marinho, segura o celular com as duas mãos. Ao fundo, distorcido, é possível ver que há pessoas andando. Parece ser a calçada de uma rua.

Os convocados devem agendar perícia médica pelo aplicativo Meu INSS ou pelo site do órgão

Também é possível ligar para a Central 135, que funciona de segunda-feira a sábado, das 7h às 22h.

Na data agendada para a realização da perícia, os beneficiários deverão apresentar os documentos pessoais e toda a documentação médica que o segurado disponha, como laudos com CID, atestados, receitas e exames recentes.

Para agendar uma perícia médica pelo Meu INSS, basta seguir o seguinte passo a passo:

  1. Faça o login no Meu INSS

  2. Clique em “Do que você precisa?”, escreva “Agendar Perícia” e, em seguida, em “Novo Requerimento”

  3. Escolha entre “Perícia Inicial”, se for a primeira vez, ou “Perícia de Prorrogação”, se já estiver em benefício

  4. Siga as orientações que aparecem na tela

  5. Informe os dados necessários para concluir o seu pedido

Não esqueça: todo cuidado é pouco. Atenção para golpes que envolvem revisão de benefícios