Calendário de gastos de 2022: prepare-se para IPVA, material escolar, matrícula e outras despesas

Fazer um calendário de gastos do ano ajuda o consumidor a se preparar para lidar com as despesas frequentes do início do ano

Controle
Seus Gastos
Por Rodrigo Chiodi

*Atualizado em 01.12.2021

As contas do início do ano podem ser um pesadelo para as finanças pessoais. Afinal, mais um ano chega e o consumidor precisa se programar para os gastos que inevitavelmente baterão à porta. 

Para lidar com essa época, um bom planejamento é essencial para não começar o ano com o bolso vazio. 

Entretanto, muitos brasileiros ainda são pegos de surpresa. O que é compreensível, já que ele sucede um período de fartura: as festas de Natal e réveillon e, para boa parte, o 13º salário

É por isso que antecipar a chegada dessas despesas é uma boa ideia. Com a devida preparação, evitam-se os sustos. 

Se você tem interesse nesse assunto, chegou ao lugar certo. No texto a seguir, acesse o calendário de gastos de 2022 e saiba como organizar a sua vida financeira. 

Impostos e taxas

Homem e mulher estão sentados lado a lado em sofá cinza com uma mesa de centro com um laptop aberto em cima. Ela é negra, tem cabelos pretos que estão presos, usa calça verde e blusa cinza, tem um caderno no colo e segura uma caneta preta, enquanto olha o laptop. Ele é branco, tem barba e cabelos curtos grisalhos, usa calça e jaqueta jeans e olha para o caderno que está no colo dela, enquanto segura papéis pequenos nas mãos

Pagar os principais impostos em dia evita uma série de problemas, como as multas e juros que se acumulam com o tempo. 

É o caso, por exemplo, do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), aplicado sobre quem tem um carro ou uma moto. Em geral, o vencimento dele se dá no início do ano.

Fique de olho no calendário do imposto. Você pode, inclusive, se programar para pagá-lo antes do vencimento e, assim, conseguir um desconto no valor final. Esse desconto é, em média, de 5%. Para quem não tiver o dinheiro para pagar à vista, é possível parcelá-lo. 

Outro gasto recorrente para donos de veículos é o DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores Terrestres), uma espécie de seguro para indenização de vítimas de acidentes de trânsito. 

Para imóveis, o principal imposto é o IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana), que costuma chegar logo no início do ano e equivale a 1% do valor do imóvel. Ele também pode ser parcelado na maior parte das cidades do Brasil. 

Alguns municípios aplicam a isenção desse imposto, mas as regras são variáveis.  E, em algumas cidades, há ainda descontos para quem quitar o tributo à vista.

Despesas com educação: material escolar e matrícula

Uma mulher e uma menina usando máscaras estão em corredor de loja, voltadas a mochilas que estão penduradas em frente a uma gôndola de cadernos. Ambas são brancas. A mulher tem cabelos curtos pretos, usa calça jeans e camiseta cinza claro e está agachada ao lado de mochila azul. A menina está em pé e usa camiseta branca, saia jeans e mochila azul

O início do ano traz ainda mais despesas ao considerar a educação, seja ela pessoal ou familiar. Elas podem ser ainda mais elevadas quando se tem filhos.

As taxas de matrícula normalmente seguem um padrão: são inegociáveis e geralmente não podem ser parceladas. Se por um lado é uma desvantagem, por outro significa que é possível se planejar para pagá-las. 

Além disso, materiais como livros, apostilas, estojo e mochila são necessários para manter o bom desempenho do aluno. 

Em 2021, um levantamento realizado pela CNN Brasil mostrou que houve aumento nos preços de boa parte dos itens escolares entre os meses de novembro e janeiro. Por isso, uma prática recomendada é antecipar a compra dos materiais. 

Ainda existem outras formas de economizar com esse tipo de gasto. Um exemplo são as feiras de trocas de livros, uniformes e materiais no geral, que você pode encontrar em grupos nas redes sociais (como o Facebook) ou mesmo em grupos de WhatsApp entre pais e alunos. Outra maneira interessante é a reutilização de materiais do ano anterior. 

Seguros e planos

É muito comum que o início do ano coincida com a renovação de serviços de seguro. Eles se referem a diferentes coberturas, como: 

Cada uma das apólices costuma ser individual, então o ideal é ter um plano de gestão financeira para não perder as datas. 

Reserva de emergência

Foto mostra 2 notas de R$ 20 e uma de R$ 10 dispostas em forma de leque sobre uma superfície branca, com um pote de vidro transparente com moedas de R$ 1 por cima.

Além do pagamento de despesas regulares, há também as imprevistas. Isso acontece, por exemplo, quando há um problema com veículo, um problema de saúde ou uma festa de última hora. 

Para ocasiões assim, uma reserva financeira pode vir a calhar. O ideal é economizar para que sempre haja uma provisão de emergência em casos de necessidade imediata. 

Com um bom planejamento e a mão na consciência, é possível começar o ano sem se preocupar com as dívidas. 

Se você gostou deste texto, veja também 5 erros que te afastam da independência financeira.