Pagamentos do abono salarial do PIS e Pasep em 2022: confira quem vai receber

Depósitos voltaram a ser feitos em março. Veja quem tem direito

Renda
Extra
Por Redacao PAN

 

*Texto atualizado em 31.03.2022

O calendário de pagamentos do abono salarial PIS/Pasep de 2022 prosseguiu neste mês de março, com liberação do dinheiro para novos grupos, sendo o último deles pago nesta quinta-feira (31) aos beneficiários nascidos em dezembro. Os valores se referem ao ano-base 2020. 

O PIS (Programa de Integração Social) é destinado aos trabalhadores da iniciativa privada e é pago pela Caixa. Já o Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) é voltado para a servidores públicos e é pago pelo Banco do Brasil.

Nesta quinta (31), começa a nova (e última) rodada de pagamentos. No caso do PIS, terão o dinheiro liberado os trabalhadores nascidos em dezembro. 

Já a última rodada de pagamentos do Pasep começou a ser feita no dia 24 de março.

Vale lembrar que todos os pagamentos ocorrem até o dia 29 de dezembro, tendo sido eles liberados em fevereiro ou em março. O que muda é a data em que esses pagamentos se iniciam.

 

Veja abaixo o calendário de pagamento do abono salarial do PIS, de acordo com o mês de aniversário do beneficiário.

 Calendário de pagamentos do abono salarial do PIS em 2022 

Veja a seguir o calendário de pagamento do abono salarial do Pasep, de acordo com o número final de inscrição do servidor.

Calendário de pagamentos do abono salarial do Pasep em 2022   

 

 

Vale fazer uma observação: todos os trabalhadores residentes de municípios atingidos pelas chuvas puderam receber o pagamento no dia 8 de fevereiro, independentemente do mês de aniversário ou número de inscrição, conforme o caso.

Para estar elegível ao benefício, o trabalhador precisava que seu município (atingido pelas fortes chuvas) tivesse o estado de calamidade pública reconhecido pela União. 

Houve cidades nos estados de Minas Gerais, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo reconhecidas por essa condição. E, assim, os trabalhadores residentes desses locais tiveram o pagamento liberado mais cedo.

Quem tem direito ao abono salarial

Têm direito ao abono salarial aqueles trabalhadores que receberam, em média, até 2 salários mínimos mensais com carteira assinada e que exerceram atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias, no ano-base de pagamento.

Ainda é preciso estar inscrito no PIS-Pasep há pelo menos 5 anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O PIS é destinado aos trabalhadores da iniciativa privada e é pago pela Caixa. Já o Pasep é pago a servidores públicos pelo Banco do Brasil.

O calendário de recebimento é feito de acordo com o mês de nascimento do beneficiário da iniciativa privada. Para servidores públicos, vale o número final da inscrição.

Ao todo, cerca de 23 milhões de trabalhadores têm direito ao abono salarial, sendo que 22 milhões recebem o PIS e 1 milhão recebem o Pasep.

Qual valor do abono salarial e como sacar

O valor do abono salarial pode chegar a 1 salário mínimo. A quantia varia de acordo com a quantidade de meses trabalhados no ano-base. Neste caso, 2020.

Com o aumento do salário mínimo, o valor do abono salarial agora vai de R$ 101 a R$ 1.212, a depender da quantidade de meses trabalhados. 

Para sacar o PIS, o trabalhador que possuir Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. 

Quem não tiver o Cartão do Cidadão pode receber o valor em qualquer agência da Caixa com a apresentação de documento de identificação original com foto.

Também é possível receber o abono salarial pelo Caixa Tem por meio de poupança social digital.

Já os servidores públicos, que recebem o Pasep, precisam verificar se houve depósito em conta corrente.

Se isso não tiver ocorrido, os servidores precisam procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento original com foto.

Como saber o número do PIS

Existem diversas formas para conseguir saber o seu número do PIS. Vamos listar abaixo todas elas para te ajudar:

  • Pelo telefone, você pode saber qual o seu PIS por meio de seu CPF, ligando para o telefone da Previdência Social (135). Em seguida, selecione a opção 5. Um atendente vai confirmar os seus dados cadastrais e informar o número.

  • A Caixa também informa o PIS no telefone 0800-7260207. Há atendimentos eletrônicos e com atendentes. 

  • Por aplicativo, a Carteira de Trabalho Digital mostra o número do PIS dentro de um dos contratos registrados, se houver. 

  • Da mesma maneira, o aplicativo do FGTS também permite a consulta ao PIS por um dos contratos registrados. 

  • A Caixa também libera consulta ao PIS pelos aplicativos Caixa Trabalhador e Caixa Tem. 

  • Pela internet, é possível consultar o PIS acessando o site do Cadastro Nacional de Informações Sociais (Cnis). Em seguida, clique em "Cidadão”. Depois, na palavra “Inscrição” no canto superior esquerdo do menu. Escolha a opção “Filiado”. Preencha os dados e clique em "Continuar". 

  • No site da Caixa, é possível fazer a consulta pelo CPF.

E, pelo Meu INSS, você deve acessar o site e fazer seu cadastro. Depois, é só consultar os dados no ícone superior direito.

 

 Para ter um salário maior, em vez de apenas um abono, veja dicas para pedir um aumento.