7 dicas para economizar dinheiro nas contas de celular e TV paga

Descubra se você e sua família precisam mesmo de todos os serviços que contratam

Controle
Seus Gastos
Por Rodrigo Chiodi

Já dizia o poeta: a vida é simples, o que complica são os boletos. Mas não se preocupe. Com algumas dicas práticas, você vai descobrir como economizar dinheiro com gastos simples do dia a dia.

Vamos falar especificamente das contas de celular e de TV por assinatura. Na última década, os gastos dos brasileiros com planos de TV, telefone e internet praticamente dobraram, passando de 0,6% para 1,1% das despesas mensais.

Os dados são da última Pesquisa de Orçamento Familiares (POF), divulgada em 2018 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

A praticidade dos smartphones nos deixa cada vez mais conectados. O problema é quando a gente contrata planos com serviços desnecessários ou dispensáveis.
Neste artigo, você encontra 7 dicas para descobrir quais são os planos mais adequados ao seu perfil de consumo. Com algumas mudanças simples, você pode fazer o seu dinheiro render muito mais.

1. Conheça seu perfil de consumo

Homem sentado em sofá com menina no colo olham para tablet que a criança segura
Você e sua família gostam de ver filmes na TV por assinatura ou preferem as opções dos serviços de streaming? Assistem mais horas de programação aberta ou de canais pagos? 

Em relação à internet, você acessa suas redes sociais o tempo todo ou só de vez em quando? É do tipo que passa horas envolvido com jogos online ou vídeos no YouTube? 

Abusa do pacote de dados ou está sempre conectado ao wi-fi? Quantos minutos foram gastos com ligações no último mês?  

Conhecer o perfil de consumo de internet, celular e TV da sua família é o primeiro passo para mapear as oportunidades e economizar dinheiro no dia a dia.  

Faça uma análise cuidadosa das suas contas antigas para entender como os serviços de pacote de dados, minutos de ligação, internet banda larga e canais de assinatura estão sendo utilizados na sua casa. 

Pode ser que você descubra que aqueles 300 canais não fazem sentido para quem gosta só de 10. Ou que os custos adicionais pagos por extrapolar os limites dos dados móveis podem ser resolvidos com uma simples adequação de plano. 

2 . Faça uma pesquisa de mercado

Vale a pena fazer uma pesquisa apurada de preços para encontrar o melhor custo-benefício para suas necessidades. 

Com a concorrência cada vez mais acirrada das operadoras de telefonia móvel, fica mais fácil encontrar pacotes com descontos ou negociar preços mais atrativos com a sua operadora.  

Muitas empresas oferecem opções acessíveis de internet em fibra óptica ou via rádio, especialmente para bairros mais distantes dos centros urbanos. 

Algumas operadoras oferecem internet ilimitada para acessar aplicativos, como Instagram e Waze. Por isso, pesquise e compare os preços, mas também esteja atento às letras miúdas do contrato. 

Alguns planos, por exemplo, oferecem WhatsApp ilimitado, mas só para envio e recebimento de mensagens de texto, não de imagens ou vídeos. Isso pode não se encaixar no seu perfil de consumo. 

Agora que você já entendeu a importância de fazer pesquisa de mercado, nós vamos contar um segredo: a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) tem um aplicativo que faz todo o trabalho para você. 

O aplicativo está disponível para Android e IOS e compara as ofertas dos principais serviços de telefonia fixa e móvel, banda larga fixa e móvel e TV por assinatura e combos. É só fazer o download e aproveitar! 

3 . Busque por combos

Se você precisa de vários serviços, como banda larga, dados móveis, telefone fixo e TV, busque por combos. Geralmente os preços são mais atraentes e as operadoras oferecem pacotes personalizados para a necessidade do contratante.

Mas atenção! Se optar por um combo promocional, certifique-se sobre o período e sobre o valor que será cobrado quando terminar a oferta. 

E não esqueça de se informar também sobre as regras de reajustes de preços para ter surpresas. 

4 . Para economizar dinheiro rápido, dispense o desnecessário

Já aconteceu de você se deixar levar pelas incríveis vantagens listadas pelo vendedor quando vai contratar um serviço? Chega de cair nessa! Foque no perfil de consumo da sua família e contrate apenas o que vai utilizar. 

Mesmo aqueles adicionais que parecem baratos podem impactar no seu orçamento. Se a ideia é economizar dinheiro no fim do mês, corte tudo o que for desnecessário. 

Como anda seu poder de negociação? Você pode precisar acioná-lo para barganhar por descontos nas contas em vez dos serviços adicionais cobrados pelas operadoras de telefonia. 

5 . Comece com um plano mais barato

A gente sempre acha que vai precisar de tudo quanto é mega de internet. Mas na prática pode ser que você esteja pagando muito por algo que usa pouco. 

Se você suspeita que esse é o seu caso, que tal contratar um pacote menor por um tempo para testar? Se não atender suas necessidades, é só fazer uma readequação de plano depois. 

Para celulares, os planos do tipo Controle são ótimas opções, uma vez que o usuário paga um valor fixo por uma franquia determinada de dados e serviços, como acesso às redes sociais e ligações ilimitadas. 

No caso das TVs por assinatura, é muito comum combos que oferecem muitos canais que, na verdade, são canais de áudio ou duplicados com melhor resolução. 

Por isso, pesquise os tipos de canais oferecidos antes de contratar, e não somente a quantidade. Se não atender suas expectativas, não tenha medo de optar pelas opções mais simples. 

Além disso, trocar a assinatura da TV por alguns dos serviços de streaming, como Netflix e Amazon Prime, pode sair mais barato. Avalie! 

6 . Controle seus gastos

Mulher sentada à frente de uma mesa com um bebê no colo sorri ao olhar para a criança e segura uma caneta sobre papel que está no móvel

Você pode seguir todas as dicas anteriores, mas se não tiver o hábito de controlar seus gastos vai ser difícil manter a economia de dinheiro por muito tempo. 

Existem diversos aplicativos gratuitos e fáceis de usar que ajudam nessa missão, como Minhas Economias, Guiabolso e Organizze

7 . Conheça seus direitos 

Você já passou por dificuldades para cancelar um serviço de TV por assinatura, internet ou celular ou fazer a portabilidade de um plano? Conhecer os seus direitos evita muita dor de cabeça.

A boa notícia é que a Anatel tem uma cartilha completa e simples de ser lida. Além dos direitos dos consumidores de serviços de telecomunicações, ela também traz os deveres das operadoras e prestadoras de serviço de telefonia móvel e fixa, internet e TV por assinatura.

Não deixe de se informar!