O que é Cartão de Crédito e como funciona?

Mais crédito
para você
Por Rodrigo Chiodi
O cartão de crédito, emitido por uma instituição financeira — geralmente um banco — te permite realizar compras de bens de consumo ou serviços, além de fazer pagamentos e transferências. Quando você recebe o cartão de crédito do banco, já sabe quanto vai poder gastar por mês sem passar do limite, e essa quantia varia de pessoa pra pessoa.
 
Se você fizer uma compra parcelada, vai comprometer o limite total do cartão nos meses seguintes, até que tudo seja pago. Falamos mais sobre isso no texto de Cheque Especial.
 
O grande problema é que, no Brasil, 34% das pessoas que utilizam cartão de crédito não sabem qual o limite para fazer compras, segundo uma pesquisa do SPC Brasil — Serviço de Proteção ao Crédito. Ou seja, a recomendação é que você saiba exatamente o quanto pode gastar para não ter uma surpresa desagradável lá na frente.
 

A fatura chegou. E agora?

Todos os meses, o cliente recebe e deve pagar a fatura do cartão de crédito, que é o documento onde consta a quantia referente ao valor que ele gastou para fazer compras ou pagar contas. Nesse documento constam todas as informações sobre os gastos de determinado período do mês.
 
Ao pagar a fatura até a data de vencimento, o limite de crédito é restabelecido. O cliente tem o direito de escolher a data ideal para o pagamento do cartão. Geralmente, as compras realizadas entre cinco e dez dias antes da data do vencimento da fatura, ficam para o mês seguinte. Essa informação é importante para que o cliente tenha um controle melhor sobre seus gatos.

Taxa de Juros

A temida taxa de juros só vai aparecer para os clientes que não pagarem o valor total da fatura no prazo determinado. Atualmente, o cliente tem a opção de pagar apenas uma parte do valor da fatura: o valor mínimo é estabelecido por cada instituição financeira. O restante da fatura que não foi pago ficará sujeito à cobrança de juros, conhecido como crédito rotativo.
 
Não é aconselhável utilizar esse recurso. Isso porque essa linha de crédito tem os maiores juros do mercado, podendo impactar ainda mais na dívida do cliente. Um dado impactante mostra o motivo de haver muitos endividados no Brasil. Ainda de acordo com o estudo realizado pelo SPC Brasil, 96% dos entrevistados disseram não ter conhecimento sobre a taxa de juros mensal quando opta por pagar o mínimo.
 
A situação só fica mais complicada se a pessoa não tiver condições de pagar nem o valor mínimo estipulado pela instituição financeira. Nesse caso, além do juros do crédito rotativo, o cliente pagará também uma multa de 2% e juros de mora — por conta do atraso — de 1% ao mês sobre o valor da dívida. Ou seja, tenha controle dos seus gastos.
 
Caso seja necessário, é mais vantajoso pedir um empréstimo consignado — para quem tiver essa opção —, uma vez que as taxas de juros são menores. Atrasar pagamento do cartão de crédito nunca será bom negócio.

Quais as vantagens de usar cartão de crédito?

O cartão de crédito também traz inúmeras vantagens e pode ser um excelente companheiro do consumidor, afinal de contas ele substitui o dinheiro em espécie e te permite fazer qualquer coisa, inclusive longe do seu país. A adesão do cartão de crédito tem sido cada vez maior. De 1997 pra cá, surgiram mais de 70 bandeiras, ou seja, empresas responsáveis pela transação feita na máquina de cartões de crédito ou débito.
 
De acordo com o Banco Central, em 2016 foram realizadas aproximadamente 6 bilhões de operações com cartões de crédito no país, representando cerca de R$ 674 bilhões movimentações nas maquininhas. Vamos ver a seguir quais as vantagens que o cartão de crédito oferece para explicar esse boom.

Facilidade no dia a dia

A comodidade que um cartão de crédito traz é grande. Além de ser mais seguro por não andar com grandes quantias no bolso, você não precisar ficar correndo atrás de caixa eletrônico para sacar dinheiro em casos de emergência. É muito mais fácil andar com um cartão de crédito na carteira. Precisou de dinheiro para pagar uma compra? É só puxar o cartão da sua carteira e pronto. Simples assim!

Segurança

Mencionamos isso acima e reforçamos, uma vez que a segurança é uma das grandes vantagens dos cartões de crédito. Andar com dinheiro no bolso ou sacar em caixas eletrônicos pode te deixar mais vulnerável a furtos ou assaltos. O cartão também tem seguro contra fraude, roubo ou até mesmo perda. Certamente vai te dar menos dor de cabeça caso isso aconteça.

Não passe sufoco

Às vezes, para compras pontuais, o cartão de crédito viabiliza compras pontuais, pois permite parcelar sua compra. Geralmente, os cartões dão em média um prazo de 40 dias para pagamento, sem cobrança de juros nesse período. Apenas quando o cliente atrasar o pagamento da fatura será cobrado por juros.

“Ganhe” gastando dinheiro

Isso pode parecer estranho, mas é verdade! Atualmente, existem diversos programas de fidelidade que oferecem vantagens quando você realiza compras com o seu cartão de crédito. Os cartões do Banco PAN têm benefícios exclusivos em muitas lojas parceiras. Com o programa de pontos, você vai acumulando pontos a cada compra que faz com o cartão de crédito e depois pode trocar por passagens, pacotes de viagens, produtos, descontos em farmácias, supermercados e muitas outras coisas.

O Banco PAN ainda tem o chamado “CashBack”, que ao invés de utilizar pontos você pode ter um crédito na sua fatura de cartão. Leia mais.

Controle na palma da mão

Com um simples aplicativo instalado no seu celular, você consegue acompanhar todas as suas movimentações com o cartão. Isso te dá mais controle para fazer compras e calcular os gastos. Se fizer alguma compra parcelada, é possível ver ainda a fatura completa e quando determinada quantia vai ser debitada da conta concorrente.

Economia

Muitas pessoas acreditam que cartão de crédito só traz gastos e mais gastos. Mas não é bem assim. Se você for uma pessoa organizada com suas contas, o cartão de crédito pode se tornar um aliado importante na sua economia.
 
Caso tenha um bom histórico — sem dívidas —, um liberação de um empréstimo será muito mais vantajosa do que o juros de um pagamento parcelado e isso vai aliviar bastante a sua conta.
 

Devo pagar tarifas pelo cartão de crédito? 

A resposta é sim, mas o valor vai depender de cada tipo de cartão. De acordo com a Resolução CMN 3.919/2010, o Banco Central estabeleceu cinco tarifas de cartão de crédito básico — ou seja, aquele que não possui programas de pontos.
 
  • Saque: utilizando os canais de atendimento no Brasil ou no exterior, uma tarifa é cobrada ao sacar dinheiro com o cartão.
  • Pagamento de contas: se o cliente optar por pagar  contas de água, luz, telefone, gás, dentre outros com o cartão de crédito, uma tarifa poderá ser cobrada.
  • Anuidade: é cobrada uma vez por ano, embora alguns bancos ofereçam a opção de parcelamento mensal.
  • Avaliação emergencial de crédito: quando o cliente realiza gastos acima do limite disponível do cartão, também pode ser cobrada uma taxa.
  • Segunda via do cartão: caso seja necessário a emissão de um novo cartão — por conta de perda, furto, roubo, péssimo estado — será cobrada uma tarifa de confecção.
Outras tarifas podem ser cobradas de acordo com cada instituição financeira e cartão. Por isso, é importante ter a cópia do contrato que você assinou inicialmente.