Receita Federal já recebeu 18,6 milhões de declarações do IR

Entrega vai até 31 de maio; quem não cumprir prazo está sujeito a multa

Controle
Seus Gastos
Por Rodrigo Chiodi

A Receita Federal divulgou que recebeu 18.602.936 declarações do IR até esta segunda-feira (10). O número, no entanto, ainda está distante do total que o órgão espera receber, que é de mais de 32 milhões de declarações.

Em 2020, por exemplo, foram mais de 31 milhões de envios da declaração do Imposto de Renda.

O prazo para entrega da declaração é 31 de maio, e quem ainda não enviou pode usar a nova versão do programa da declaração do IR 2021 ou mesmo mandar pelo aplicativo do IRPF. Lembre-se: quanto antes você declarar, melhor, pois quem declara o IR com antecedência recebe a restituição de Imposto de Renda de forma antecipada também (vale reforçar que não é todo mundo que tem direito a essa restituição, tudo bem?).

Agora, se acabar o prazo e você não fizer sua declaração, você terá que arcar com multa de 1% ao mês sobre o valor do IR devido, mesmo que seja pago. O valor mínimo dessa multa será de R$ 165,74, mas pode atingir até 20% do valor do imposto.

De acordo com a Receita Federal, a multa começa a contar logo a partir do dia seguinte ao fim do prazo de entrega do Imposto de Renda, e o valor aumentará até o dia em que a declaração for enviada. Quem é multado tem 30 dias para pagar.

Quem deve fazer as declarações do IR?

 
Se você faz parte de algum desses grupos, precisa fazer a declaração do IRPF:
 
  • ?Pessoas que receberam mais de R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis em 2020 (média de R$ 1.903,98 por mês, incluindo 13º salário e valores de férias, aluguéis, pensões e outras;
  • ?Pessoas com rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados apenas na fonte maiores que R$ 40.000,00;

?Quem recebeu dinheiro por alienação de bens e direitos ou que fizeram operações em bolsas de valores, mercadorias, futuro ou afins;

?Pessoas com bens ou direitos superiores a R$ 300 mil, somando todos os bens;

?Quem vendeu imóvel residencial e teve ganho na venda;

?Pessoas que exerceram atividade rural e tiveram receita bruta igual ou maior que R$ 142.798,51;

?Pessoas que passaram a ser residentes no Brasil até 31 de dezembro de 2020.

Restituição do IR

Foto sobre declarações de IR que mostra homem de óculos e de barba e cabelos grisalhos ao telefone, segurando celular na mão direita enquanto olha com atenção para papel que segura na mão esquerda, em frente a tela de notebook. Ele veste camiseta manga longa cinza claro e está em ambiente doméstico desfocado ao fundo.

Quanto antes você enviar a sua declaração, mais cedo vai receber a restituição do Imposto de Renda, caso tenha direito a ela. Essa restituição é o valor que a Receita Federal tem que devolver a quem pagou mais imposto do que deveria.

 Se você quer mais um motivo para fazer a sua declaração de IR dentro do prazo (além de escapar da multa por atraso no envio do IRPF), veja se você pode receber a restituição e quando ela será paga!