Resgate do Tesouro Direto agora é feito no mesmo dia

Mudança vale apenas para solicitações feitas até as 13h de cada dia. Entenda o que é o investimento

Renda
Extra
Por Redacao PAN

Boa notícia para investidores: o resgate do Tesouro Direto e depósito do dinheiro na conta agora é feito no mesmo dia da solicitação. A regra passou a ser aplicada na última segunda-feira (13).

A única condição para que o resgate seja feito no mesmo dia é que a solicitação ocorra antes das 13h em condições normais de operação de mercado.

O motivo, de acordo com comunicado da B3, é “trazer mais agilidade e eficiência para esses títulos”.

Mas é importante observar: os pedidos de resgate feitos depois das 13h vão continuar sendo finalizados  no dia seguinte à solicitação, quando o dinheiro será depositado na conta do investidor.

A operação de resgate do Tesouro Direto no mesmo dia é chamada pela B3 de D+0. Ou seja, o “Dia” (D) em que é feito o pedido de resgate do título mais outro dia.

De um jeito simplificado, veja abaixo como era e como ficará o resgate do Tesouro Direto:

  • Antes, essa operação ocorria no Dia (D) do pedido + 1. Então, o dinheiro chegava só no dia seguinte. Ou seja, era D+1.

  • Agora, essa operação ocorre no próprio Dia (D) do pedido. Ou seja, D+0. Mas só quando o pedido é feito antes das 13h. 

  • Agora, se o pedido for feito depois das 13h, continua valendo a regra anterior, de a liquidação ser feita no dia seguinte. Ou seja, voltamos para o D+1 neste caso.

“Essa alteração trará como benefícios, maior liquidez aos investidores e maior percepção de valor do produto na prateleira de Renda Fixa frente aos produtos similares”, afirmou a B3 em sua área voltada aos clientes.

O que é Tesouro Direto
Uma mulher de óculos faz contas numa calculadora sobre a mesa, à frente da cozinha, enquanto o laptop fica aberto com gráficos na tela

O Tesouro Direto é considerado um investimento de baixo risco, ligado ao Tesouro Nacional e desenvolvido em parceria com a B3 para venda de títulos públicos federais para pessoas físicas, de forma 100% online. 

Lançado em 2002, o Tesouro Direto dá acesso a títulos públicos com aplicações a partir de R$ 30,00. Há mais de 1,6 milhão de brasileiros que investem nessa modalidade.

O produto oferece títulos com diferentes tipos de rentabilidade (prefixada, ligada à variação da inflação ou à variação da taxa básica de juros, a Selic).

Também há diferentes prazos de vencimento desses títulos para o investidor escolher. Além disso, oferece liquidez diária, sendo a aplicação de menor risco de crédito do mercado.

Quer investir seu dinheiro e não sabe qual a melhor aplicação? Confira então os tipos de investimentos que existem e escolha a que mais combina com você.