Distribuidoras de energia facilitam pagamento de contas de luz atrasadas

Empresas oferecem descontos ou parcelamentos para quem está com débitos; veja como obter

Zero
Dívida
Por Rodrigo Chiodi

Distribuidoras de energia em todo o país estão oferecendo descontos ou facilidades para o pagamento de contas de luz atrasadas. Algumas empresas, inclusive, suspenderam os cortes no fornecimento de energia elétrica para quem está sem pagar a conta.

As facilidades estão sendo oferecidas por causa das consequências econômicas da pandemia, que causou dificuldades a milhões de brasileiros em todo o país. 

Veja abaixo algumas distribuidoras que estão com esses programas especiais pagamento de atrasados. Entre as facilidades estão descontos, renegociações e parcelamentos estendidos.

Descontos para faturas atrasadas

Homem sorri ao olhar para papéis que segura em suas duas mãos

Moradores da Grande São Paulo atendidos pela Enel que estiverem com contas vencidas há mais de 180 dias poderão conseguir 40% de desconto ao quitar essas faturas, desde  que o pagamento seja à vista. A negociação pode ser feita por um portal da companhia.  A possibilidade é válida até 1º de junho e serve para todas as classes de consumo, inclusive clientes industriais e comerciais.

A negociação pode ser feita online, pelo portal da empresa. Também é possível negociar pela Central de Atendimento 0800 72 72 120 ou presencialmente, nas lojas de atendimento (com agendamento prévio).

No Ceará, além do desconto, a Enel também ampliou as condições de parcelamento. A dívida pode ser negociada com 10% na entrada e parcelamento em até 10 vezes (entrada e 9 parcelas). Clientes desse estado podem fazer a negociação pela  Central de Atendimento 0800 28 50 196 ou presencialmente, nas lojas de atendimento (com agendamento prévio). Ou pelo Whatsapp (88) 9271 7935 (opção 10 - outro serviço). 

O mesmo desconto de  40% está disponível para clientes da Enel no Rio de Janeiro. A negociação pode ser feita pela Central de Atendimento (0800 28 00 120); nas lojas de atendimento (com agendamento prévio).  

Em Goiás, as condições oferecidas pela Enel são de desconto de 40% nas contas vencidas há mais de 180 dias - para pagamento à vista -  e parcelamento. Clientes de baixa tensão (Grupo B) – em geral, clientes residenciais e pequenos comércios – poderão parcelar as contas vencidas há mais de 60 dias, em até 10 vezes (entrada de 10% + 9 parcelas). O procedimento ocorre pelo Portal de Negociação ou pelo aplicativo da empresa para iOS ou Android.

Paraná

A Copel (Companhia Paranaense de Energia) criou condições especiais para microempresários e MEIs (microempreendedores individuais). O pacote contempla clientes de baixa renda e aqueles que têm equipamento de sobrevida instalado. Quem aderir ganha 90 dias para começar a pagar as parcelas, com entrada de 10% e taxa de juros reduzida pela metade, a 0,5%. 

O débito pode ser pago em até 24 vezes. O valor das parcelas é fixo. As condições valem para novas dívidas e, inicialmente, ficarão vigentes até o final do 1º semestre deste ano.

Para ter o benefício, o cliente deve estar cadastrado na Copel como MEI, microempresa ou baixa renda.

O consumidor pode ligar no 0800 51 00 116 ou ir até uma agência de atendimento da Copel. Na agência virtual é possível verificar o valor pendente. 

A empresa ainda informou que os consumidores que não se enquadram nessas categorias “também continuam contando com condições de parcelamento flexibilizadas e facilitadas”. Eles devem buscar os canais de atendimento da companhia.

Minas Gerais

A Cemig ampliou a campanha de negociação desde o último dia 10. A empresa permite que todos os clientes residenciais possam parcelar seus débitos em até 12 parcelas mensais, sem juros, via cartão de crédito.

A oportunidade vale até para clientes que já tenham financiamentos ativos com a companhia. O parcelamento nestas condições vale só para quem optar negociar pelos canais digitais da empresa.

O interessado em parcelar a conta de luz deve acessar o site ou fazer contato pelo WhatsApp (31 3506-1160), enviar um “Oi” e escolher a opção “Pagamento de Contas”. 

A Cemig suspendeu cortes por inadimplência de clientes de baixa renda cadastrados no Programa de Tarifa Social de Energia (TSEE) e oferece parcelamento das faturas em atraso em até 24 parcelas mensais, sem juros. A suspensão dos cortes vale até dia 30 de junho.

Parcelamento das contas de energia em atraso 

Homem e mulher sentados à frente de uma mesa com um notebook olham para calculadora que ela opera

A Elektro, que opera no Mato Grosso do Sul e em municípios de São Paulo, começou a oferecer desde o último dia 3 a possibilidade de parcelar a fatura em até 24 vezes no cartão de crédito. Ainda é possível quitar débitos de uma única vez, à vista, sem juros. 

As mesmas condições estão sendo oferecidas pela Coelba, para seus clientes na Bahia, e pela Celpe, que atua em Pernambuco.

Se você estiver com outros pagamentos em aberto e não sabe por onde começar a se organizar, veja 7 dicas para negociar dívidas e começar a sair do vermelho.