Inscrição do Enem é reaberta com isenção de taxa para quem faltou em 2020

STF decidiu que isenção não poderia ser retirada por falta na prova de 2020. Exames para esses candidatos serão em janeiro

Renda
Extra
Por Redacao PAN

Estudantes que haviam obtido isenção de taxa de inscrição no Enem (Exame Nacional de Ensino Médio) de 2020 e que não compareceram à prova terão nova oportunidade de se inscrever com gratuidade na avaliação deste ano.

A medida divulgada pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira), órgão vinculado ao Ministério da Educação que é responsável pela operação da prova. Ela foi publicada na edição desta terça-feira (14) do Diário Oficial da União

Esses candidatos poderão se inscrever no Enem 2021 a partir das 10h desta terça-feira (14) na Página do Participante e terão assegurada a isenção da taxa de inscrição. O prazo se encerra às 23h59 do dia 26 de setembro.

Para esse público, as provas do Enem 2021 serão aplicadas em 9 e 16 de janeiro de 2022, junto com a avaliação para adultos privados de liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL).

Os isentos ausentes no Enem 2020 também poderão solicitar, até 27 de setembro, atendimento especializado e tratamento pelo nome social. 

Em caso de reprovação do pedido de atendimento especializado, o participante poderá solicitar recurso do dia 5 ao dia 9 de outubro de 2021 pela Página do Participante. 

O que é o Enem

Imagem mostra o cartão de respostas do Senem preenchido com uma caneta azul sobre ele

O Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, foi instituído em 1998 para avaliar o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. 

Desde 2009, o exame passou a ser usado como mecanismo de acesso à educação superior. As notas podem ser usadas para acesso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que é a porta de entrada para os estudantes na faculdade. 

As notas também servem para o Programa Universidade para Todos (Prouni), que concede bolsas integrais e parciais em universidades particulares. 

Além disso, os participantes do Enem podem pedir financiamento estudantil em programas do governo, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). 

Ao todo, 3.109.762 pessoas já tiveram inscrições confirmadas para o Enem deste ano. O número corresponde ao total de participantes das duas versões do exame (impressa e digital). 

O Inep registrou 3.040.871 inscritos para a versão em papel. Para a modalidade digital, que teve as 101.100 vagas ofertadas preenchidas durante o período de inscrições, foram confirmados 68.891 participantes. 

As provas serão aplicadas nas mesmas datas: 21 e 28 de novembro, mas este não é o caso dos estudantes com isenção de inscrição em 2020 e que optarem por manter a gratuidade neste ano. 

Como fazer a inscrição no Enem?

Um adolescente mexe no laptop com livros e cadernos abertos sobre o sofá, que está atrás dele

Veja abaixo o passo a passo para fazer a inscrição no Enem.

  • Primeiro, os candidatos interessados devem acessar a Página do Participante

  • Nessa página, haverá um botão “Inscrição”. Clicando nele, um robô pedirá o CPF e a data de nascimento antes de dar prosseguimento ao processo de inscrição. 

  • Em seguida, será necessário acrescentar outras informações pessoais, como o nome do pai, o sexo, cor/raça, estado civil, nacionalidade, estado, município, CEP e número da residência.

  • O Inep perguntará se você precisa de algum recurso de acessibilidade (para quem tem deficiência ou precisa de condições especiais para fazer a prova).

  • O Inep também perguntará qual idioma estrangeiro da sua preferência (inglês ou espanhol).

  • Ainda é necessário dizer se você já concluiu o ensino médio, se estudou em escola pública ou privada, entre outras informações. 

  • Por fim, há um formulário socioeconômico. São 25 perguntas com o objetivo de saber mais sobre o público que realiza a prova.  

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Central de Atendimento pelo telefone 0800-616161.

Para quem vai fazer um curso universitário, é importante saber as diferenças entre estágio e trainee. Confira!