Tire suas dúvidas sobre o cartão contactless, o famoso cartão por aproximação

O pagamento por aproximação traz mais praticidade na hora de usar cartões

Controle
Seus Gastos
Por Rodrigo Chiodi

*Atualizado em 17.12.2021

A tecnologia traz cada vez mais possibilidades de recursos na hora de fazer pagamentos. Um deles é pagar por aproximação, que tem se tornado popular no Brasil. Só que nem todo mundo sabe bem o que é cartão contactless e como aproveitar essa inovação.

O pagamento por aproximação tem se destacado por aqui e já são bilhões de reais em transações realizadas desse jeito. Como mostra pesquisa da ABECS (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços):

  • no 2º trimestre de 2021, o uso do pagamento por aproximação cresceu 694% em comparação com o mesmo período do ano anterior

  • a movimentação com essa forma de transação somou R$ 34,4 bilhões no período

  • O cartão de crédito é a função mais usada em aproximação, com volume de transações de R$ 19 bilhões.

É importante entender como o cartão contactless funciona e, também, saber os cuidados necessários na hora de fazer pagamentos por aproximação para não ter nenhum prejuízo financeiro ou mesmo evitar golpes.

O que é cartão contactless?

02_Mobile_Cartao_Contactless.png

Apesar do nome complicado, o cartão contactless (“sem contato”, em tradução livre para o português) é simples de entender: trata-se de um recurso para pagamento no qual basta aproximar o cartão de crédito ou débito na maquininha para liberar transações.

Isso é possível graças à tecnologia NFC (Near Field Communication, ou “comunicação por campo de proximidade”, em tradução livre). Com essa inovação, nem internet é necessária para fazer pagamentos por aproximação e, em alguns casos, também não é preciso senha.

Os equipamentos que podem ser usados para pagamento sem contato são identificados pelo símbolo do contactless, que é parecido com um sinal de wi-fi. O mesmo sinal está nos cartões de crédito e débito e indicam que eles podem ser usados por aproximação.

Os cartões contactless usam a mesma tecnologia que está presente em smartphones, relógios inteligentes, pulseiras, comandas em restaurantes e bilhetes de transporte público. Inclusive, em algumas cidades é possível usar os cartões no ônibus ou metrô.

Como o pagamento por aproximação funciona?

Para usar a função de pagamento por aproximação, o primeiro passo é verificar se o cartão oferece esse recurso. Em caso positivo, se o seu cartão vier com a função contactless bloqueada, contate o banco emissor do cartão.  

Em alguns casos, esse desbloqueio pode ser feito na parte de configurações, cartões ou outro menu relacionado ao cartão que tem tecnologia de aproximação. Nessa mesma área, é possível estabelecer os valores de transações que precisam do uso de senha ou não.

O valor máximo para uma compra ser paga apenas ao aproximar o cartão, sem necessidade de digitar senha, é de R$ 200. Valores mais altos vão exigir que a senha seja digitada depois da aproximação.

Esse é um recurso que visa trazer mais segurança e evitar prejuízos financeiros aos clientes. É possível fazer ajustes pelo app ou site do banco para que a senha seja exigida a partir de valores menores que R$ 200.

Depois de fazer isso, quando estiver em um estabelecimento que aceita cartões contactless, basta aproximar o cartão a uma distância de, no máximo, 4 cm da máquina.

Caso a compra tenha valor baixo (menor que R$ 200 ou do que o valor configurado como limite para transação sem senha), o pagamento será instantâneo. Se for um valor maior do que o estabelecido automaticamente ou pelo cliente, é preciso de senha para a transação.

Cartão Contactless é seguro?

03_Mobile_Cartao_Contactless.png

Sim, cartões com recurso de pagar por aproximação são seguros e usam criptografia para dificultar a ação de criminosos e o acesso aos dados bancários de quem utiliza cartão. Além disso, o uso da senha para determinados valores torna as transações ainda mais seguras.

Como proteger o Cartão Contactless?

Ao mesmo tempo, é fundamental tomar alguns cuidados na hora de pagar com tecnologia NFC:

  • não empreste o cartão para outras pessoas

  • fique de olho em pessoas que ficam, por muito tempo, próximas a você ou de onde o cartão está (se estiver na bolsa, mochila ou bolso de roupa, por exemplo)

  • tome cuidado com locais cheios, como lojas, eventos e outros, e sempre deixe o cartão em local protegido, que não seja exposto

  • configure a exigência de senha e limites para uso por aproximação. O limite automático é de R$ 200, mas dá pra reduzir o valor

  • informe-se com o banco sobre a quantidade de transações diárias permitidas usando o contactless e limite o número se desejar

  • ative as notificações no celular para compras realizadas no cartão

  • na hora de pagar, veja se o valor na máquina de cartão está correto e suspeite caso digam que a máquina está quebrada e será preciso repetir a operação

  • sempre olhe o extrato bancário para detectar qualquer atividade suspeita

  • bloqueie o cartão assim que perceber que ele foi perdido, furtado ou roubado.

Como desativar a função do pagamento por aproximação

Em algumas instituições financeiras é possível fazer essa desativação pelo próprio aplicativo e o seu cartão passará a ter apenas o pagamento por inserção na máquina. 

Mas é importante alertar que a opção de bloqueio da função contactless fica a cargo de cada instituição financeira. Então, se não quiser mais utilizar o pagamento por aproximação, entre em contato com a emissora do cartão e entenda se é possível fazer essa alteração. 

Se desejar bloquear o cartão para não usar mais, você também deve solicitar à instituição de pagamento essa opção.

O cartão contactless pode ser usado nas funções crédito, débito ou pré-pago. Entenda quando usar a modalidade crédito e quando é melhor pagar no débito!