Petrobras anuncia novo reajuste de preços de gasolina, diesel e gás de cozinha

Medida começa valer a partir desta sexta-feira (11) para as distribuidoras. Aumentos são a partir de 16%

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (10) o reajuste nos preços da gasolina, diesel e gás de cozinha para as distribuidoras. A medida começa a valer a partir desta sexta (11).

O reajuste ocorre num momento de alta do preço do barril do petróleo no mercado internacional. E, devido à sua política de preços baseada nas cotações desse mercado, a Petrobras acaba invariavelmente repassando esse valor em algum momento.

Com esse reajuste, o preço médio de venda da gasolina da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 3,25 para R$ 3,86 por litro. O aumento é de 18,77%.

Para o diesel, o preço médio de venda da Petrobras para as distribuidoras vai subir de R$ 3,61 para R$ 4,51 por litro, num aumento de 24,93%.

Imagem mostra a banca de uma cozinha, com foco especial para o fogão. É possível observar que há uma pessoa segurando uma frigideira sobre uma boca do fogão acesa. Na bancada, há diversos itens, como verduras, ovos num recipiente, queijo numa tábua.

E, para o GLP (gás liquefeito de petróleo), que é o gás de cozinha, o preço médio de venda para as distribuidoras subirá de R$ 3,86 para R$ 4,48 por kg. 

Como cada botijão de gás de cozinha tem 13 kg, o valor total equivale a R$ 58,21, num reajuste médio de R$ 0,62 a cada kg.

Sendo assim, o preço anterior do botijão repassado pela Petrobras era de R$ 50,18. Como agora será de R$ 58,21, o aumento é de 16%.

O último reajuste anunciado pela Petrobras tinha sido no dia 11 de janeiro. Naquela ocasião, o valor do preço médio de venda da gasolina passou de R$ 3,09 para R$ 3,25 por litro, num aumento de 4,85%.

Até então, os preços médios da gasolina e do etanol, por exemplo, vinham caindo. Começaram o mês de março menores do que no início de fevereiro, de acordo com a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

Agora, a tendência é que os valores voltem a aumentar para o consumidor. 

Diante disso, é bom que você saiba se preparar para não gastar todo o dinheiro nesses itens. Veja como economizar gás de cozinha e combustível.