Diferença de preços de itens das ceias de fim de ano chega a 124%, diz Procon-SP

Levantamento mostra a importância de pesquisar antes de comprar artigos para as festas de final de ano

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

A diferença nos preços de um mesmo produto usado para fazer as comidas típicas do final de ano chega a 124,72%, de acordo com levantamento do Procon de São Paulo

Essa foi a  diferença encontrada em diferentes lojas pelo Procon-SP para o Azeite de Oliva Gallo Tipo Único (“garrafa” 500 ml). O produto custava R$ 44,90 em um estabelecimento. Num outro, o valor era de R$ 19,98. A diferença, R$ 24,92.

Outro exemplo mencionado pelo Procon: entre os panetones/chocotones, um dos itens mais consumidos na época de Natal, a maior diferença foi de 38,63%. 

Isso ocorreu com o Panetone Gotas de Chocolate de 400g da Panco, que foi encontrado a R$ 20,78 em um estabelecimento e por R$ 14,99 em outro.

Para fazer a pesquisa, o Procon-SP coletou preços nos dias 29 e 30 de novembro e 1º de dezembro. A coleta de preços ocorreu de forma online, em 7 sites de supermercados. 

Foram comparados os preços de 63 dos seguintes itens de diferentes marcas: azeites, bombons, lentilhas secas, conservas, farofas prontas, frutas em calda, panetones, chocotones e carne.

Dicas para economizar na ceia de Natal

Diante da diferença de preços, uma das principais dicas para economizar é saber pesquisar os menores valores.

Veja abaixo outras dicas para poupar uma grana nesse período de fim de ano: 

Planejamento

Planejar o cardápio e listar alimentos, bebidas e ingredientes para o preparo ajuda a evitar compras desnecessárias e por impulso. 

Relação qualidade, peso e preço

Além de pesquisar os preços entre os diferentes estabelecimentos, o consumidor também deve estar atento a quanto rende cada item. Por isso é bom saber a qualidade, o peso e o preço de cada produto.

Cuidado com as compras online

02_Mobile_Diferenca_Precos_Natal_14_12.jpg

Outra forma eficiente de evitar prejuízos vale principalmente para compras pela internet. É importante ler com cuidado todas as características do item para saber se a compra está mesmo certa.

Entre em contato com o vendedor

Em caso de dúvidas, prefira fazer contato com quem está vendendo. Assim é mais uma forma de garantir que sua compra é a certa.

Cuidado com os golpes

Outro jeito de evitar maiores dores de cabeça é a garantia de que a sua compra vai ser mesmo entregue. Já imaginou cair num golpe? Por isso, prefira sempre sites confiáveis e desconfie de ofertas excessivamente generosas. Elas podem custa caro.

Falando nas compras online, 45% dos consumidores pretendem comprar no Natal pela internet. Saiba os itens mais procurados.