Saiba como ter mais segurança nas redes de wi-fi no home office

Pandemia fez trabalhadores adotarem um regime remoto, o que aumenta preocupação das empresas com a proteção das redes

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

A pandemia fez lares virarem escritórios à medida que muitas empresas adotaram o modelo de trabalho remoto. Mas, junto com essa mudança, veio também uma preocupação: a segurança nas redes de wi-fi.

Estudo da PSafe, empresa especializada em segurança digital, mostra que quase 6 a cada 10 (57%) dos brasileiros não usam nenhuma proteção na própria rede de wi-fi.

Isso torna a conexão particular de wi-fi dessas pessoas mais vulnerável a invasores, o que pode resultar em vazamento de dados ou golpes, com uso de programas maliciosos como o ransomware.

Vale lembrar ainda que a preocupação com a segurança das redes de wi-fi é um problema tanto dos funcionários das empresas que estão em trabalho remoto quanto da própria empresa, que pode ter dados próprios roubados, a depender das informações que o funcionário tenha em casa em seu computador funcional. 

Confira dicas para proteger seu wi-fi
Foto mostra as mãos de um homem segurando e operando um celular

Para evitar problemas com a segurança das redes de wi-fi em casa, há algumas dicas que a PSafe indicou. Veja abaixo:

Segurança do roteador

Um dos maiores problemas de um roteador é o login e a senha, que normalmente já vêm definidos com um padrão de fábrica. Acontece que os golpistas já sabem sobre esses padrões, e a maioria das pessoas não se importa em mudá-los. 

Aliás, mesmo quando os golpistas não sabem exatamente qual o login e a senha, basta uma busca na internet pelo modelo do equipamento para descobrir. Essa situação vira um prato cheio para roubar informações dos usuários. 

Dispositivos conectados na rede

Outro fator que pode gerar insegurança para uma rede de wi-fi é ter dispositivos desconhecidos conectados nessa rede. 

Na prática, esses dispositivos atuam como intermediários dos golpistas, porque facilitam a interceptação de informações.

Por isso, tome cuidado quando seu computador e sua rede de wi-fi não reconhecerem determinados aparelhos conectados a ele.  

Verificação do DNS
Foto mostra um homem de costas com um agasalho com capuz segurando um celular em frente a um laptop com códigos na tela. Há outro celular, também co códigos, sobre o laptop

Você sabe o que é DNS? Na tradução da sigla em inglês, significa Sistema de Nomes de Domínio. Esse sistema faz uma espécie de “tradução” entre o que a pessoa digita na busca da internet para o “destino final”.

De um jeito mais claro: se você busca por um site, por exemplo, o sistema DNS faz a tradução até o IP (Internet Protocol, ou seja, “Protocolo de Internet”) de destino para onde você quer ir. 

No caso, se você procurar o Blog do Banco PAN, o DNS vai fazer uma “tradução” do IP para te levar até o endereço. Se houver alguma intercorrência nesse sistema, você não chegará até o destino final. 

Em alguns casos, golpistas podem “sequestrar” esse sistema DNS para redirecionar o seu tráfego para um ambiente onde possam roubar seus dados. Por isso, é importante ter soluções de segurança na rede. Assim, você reduz as chances de ser vítima de golpes como esse.

Aproveite também para saber como se proteger de golpes que clonam o cartão e saiba ainda o que fazer caso aconteça com você.