Qual a diferença entre o cartão de crédito comum e o consignado

Veja as características de cada cartão para decidir o melhor para sua necessidade

Mais crédito
para você
Por Redacao PAN

O cartão de crédito é um produto comum e útil na vida dos brasileiros. Dados mais recentes do Banco Central mostram que, em 2019, o mercado de cartões cresceu 18%. Naquele ano, havia 123 milhões de cartões de crédito ativos no Brasil.

Existem o cartão de crédito consignado e o comum. Os dois são aliados na hora das compras online ou no momento de fazer uma aquisição importante que precisa ser parcelada.

Porém, é importante saber as características de cada um, além das particularidades na hora do pagamento da fatura, para entender qual cartão de crédito é o mais apropriado para o que você precisa.

O cartão de crédito comum pode ser utilizado por qualquer pessoa, ao contrário do cartão de crédito consignado. Leia mais sobre cada uma dessas modalidades de crédito e entenda como utilizá-las!

Cartão de crédito comum

Destaque para as mãos de uma pessoa com avental de comerciante, que segura uma máquina de cartão e está ao fundo da imagem, com desfoque, recebendo um cartão de uma outra pessoa. Só as mãos das pessoas aparecem na imagem

O cartão de crédito comum é uma ferramenta presente para muitos brasileiros e permite a compra de produtos ou aquisição de serviços, além de realização de transferências, pagamentos e até saques.

Geralmente o cartão é emitido por uma instituição financeira, como um banco. Quando você o recebe, sabe o máximo que pode gastar com ele.

É importante lembrar que os principais pontos de um cartão de crédito são:

  • O limite do cartão, que é a quantia máxima que você pode gastar com todas as compras realizadas nele;
  • A fatura, composta pela soma de todas as compras realizadas em um mês;
  • O saldo, que é a quantia que você ainda pode usar para outras compras. O saldo é obtido com uma continha básica: saldo = limite do cartão - compras no mês.
  • A data de vencimento, que é o prazo final para pagar a fatura;
  • As temidas taxas de juros, que só aparecem para clientes que não pagarem o valor total da fatura dentro do prazo;
  • O crédito rotativo, que é a cobrança de juros quando um cliente paga apenas o valor mínimo da fatura do mês.

O cartão de crédito tem vantagens, desde que usado de forma consciente e planejada para não sobrecarregar o orçamento com juros demais. Ele substitui o dinheiro em papel, o que traz mais segurança para você não precisar andar com muito dinheiro na carteira.

Além disso, dá para parcelar o valor das compras realizadas, o que pode reduzir o peso da aquisição no seu bolso. Também é possível fazer compras online e em ambientes físicos que contem com maquininha de cartão.

um homem e uma mulher estão sorrindo enquanto olham para tablet, sentados em sala de estar. O homem é branco, tem cabelos grisalhos lisos e barba grisalha e está sentado ao lado direito da mulher, que é branca, tem cabelos lisos castanhos e segura o tablet

Por fim, a tecnologia permite que alguns aplicativos possibilitem a criação de uma versão virtual do cartão de crédito. Assim, no caso de compras online, você não precisa estar sempre com o modelo físico, de plástico, em mãos para realizar a compra.

O cartão de crédito ainda pode trazer outras vantagens, pois algumas instituições trabalham com sistemas de pontos. Conforme você usa o cartão, acumula pontos para trocar por descontos, compras e até mesmo viagens, dependendo do tipo de programa de pontos que tiver.

Cartão de crédito consignado

Como explica o Banco Central, o cartão de crédito consignado é similar ao cartão comum e pode ser utilizado também para o pagamento de produtos e serviços. Nesse aspecto, tem a mesma função dos outros cartões de crédito.

Porém, a principal diferença é a fatura do cartão consignado. Ela pode ser descontada, de forma total ou parcial, diretamente da folha de pagamento de aposentados e pensionistas, além de servidores públicos federais, estaduais e municipais.

Dessa forma, apenas esse público é quem tem direito a um cartão de crédito consignado.

Nesse ponto, esse tipo de cartão é bem similar ao empréstimo consignado, que também tem as parcelas descontadas diretamente do salário, aposentadoria ou benefício de servidores, aposentados e pensionistas.

No caso do consignado, é possível pagar a fatura inteira do cartão ou não. No último caso, o pagamento mínimo da fatura será descontado direto do salário, aposentadoria ou benefício.

A vantagem aqui é que a taxa de juros para pagamento do mínimo do cartão nem se compara ao crédito rotativo: ela é bem menor.

Ainda existe a margem consignável, que é a porcentagem do salário ou benefício que pode ser comprometida com consignado. No máximo 5% da aposentadoria ou benefício pode ser usada para pagar a fatura do cartão de crédito consignado automaticamente.

infográfico contém trechos do texto e ilustrações de pessoas com cartão

É possível contratar um cartão desse tipo de forma totalmente online. No caso do Banco PAN, a oferta de cartão consignado pode ser aceita de forma rápida e segura por meio deste formulário online. Basta preencher os campos da página com seus dados pessoais e de contato, além da fonte pagadora e a renda mensal.

O cartão de crédito consignado do PAN não tem anuidade, tem limite de até 2x o seu salário, conta com uma taxa de juros até 4x menor do que os cartões comuns e ainda está disponível para negativados. Saiba mais e faça o seu cartão no PAN!