O que é e como funciona o empréstimo consignado

Crédito tem taxa de juros até 3 vezes menores em comparação aos empréstimos comuns

Mais crédito
para você
Por Rodrigo Chiodi

Quando estamos em um aperto financeiro ou precisamos de um dinheiro extra, seja para reformar a casa ou fazer uma viagem, um empréstimo é uma boa alternativa. Mas é sempre necessário pesquisar bem e avaliar todos os tipos que existem. Um dos mais vantajosos é o empréstimo consignado.

Se você for um servidor público, beneficiário do INSS ou militar das Forças Armadas, essa modalidade tem condições melhores do que a maioria dos outros créditos disponíveis no mercado. 

No entanto, antes de pedir esse empréstimo, você deve avaliar todas as informações para que ele seja realmente uma ajuda. O empréstimo certo pode te ajudar a limpar o nome, se livrar de dívidas e realizar sonhos. 

Nesse artigo, vamos explicar o que é o empréstimo consignado, como ele funciona e ainda ajudar com informações para você tomar a melhor decisão.

O que é empréstimo consignado?

O empréstimo consignado é uma modalidade de empréstimo em que as parcelas são descontadas diretamente da folha de pagamento. Assim, você não precisa se preocupar com boletos e datas para pagamento das prestações: elas já são descontadas do seu salário, aposentadoria ou benefício.

O empréstimo consignado público se destina a servidores públicos, aposentados e pensionistas do INSS e militares das Forças Armadas.

Como as prestações são descontadas do salário ou benefício, esse tipo de empréstimo tem um risco relativamente menor para o banco, o que faz com que as suas taxas sejam menores em relação à maioria das modalidades de empréstimos existentes no mercado.

No caso do empréstimo consignado público, um órgão público precisa antes fazer antes um acordo com alguma instituição financeira que vai oferecer esse produto. 

Como funciona o crédito consignado

Imagem mostra as mãos de uma pessoa mexendo em um bloco de papéis grampeados em cima de uma mesa e escrevendo nele; o rosto não aparece

Agora, vamos detalhar as principais características deste produto.

Taxas de juros menores

O empréstimo consignado é a modalidade de empréstimo pessoal com as menores taxas do mercado. Como o banco ou a instituição financeira que concederam o crédito descontam as parcelas diretamente de salários ou benefícios, o risco de não receberem os valores ou de terem atraso nos pagamentos cai muito.

Esse risco de inadimplência é levado em conta na hora de calcular a taxa de juros de todo crédito que uma instituição financeira oferece. Como nessa modalidade ele é menor, os juros também ficam mais baixos.

Facilidade para contratação

Esse empréstimo é simples de contratar. São poucos os documentos exigidos e  muitas vezes ele pode ser feito até pela internet. 

No Banco PAN, é possível fazer a simulação e contratar o empréstimo consignado pelo site. Para garantir a segurança da operação, o banco desenvolveu uma ferramenta de formalização digital. Com ela, o cliente tira uma selfie para mostrar que é ele mesmo quem está fazendo a contratação, e a foto funciona como uma “assinatura”: é a validação biométrica por selfie.

Desconto em folha de pagamento

As parcelas do crédito consignado são descontadas diretamente do salário ou benefício do cliente que o contratou. 

Essa condição, além de garantir o pagamento para quem concede o dinheiro, é também uma comodidade para quem o pegou. Com isso, situações como esquecer a data do vencimento das prestações são evitadas, e, assim, as multas por atraso do pagamento.

Parcelas sempre iguais

No momento em que a pessoa contrata o empréstimo, já ficam estabelecidas as taxas de juros, o total de prestações e o valor de cada uma. E, na maior parte das vezes, as parcelas são fixas, iguais da primeira à última.

Vale lembrar que as condições variam de acordo com o cliente e a instituição e é necessário sempre se certificar com a empresa que vai conceder o crédito todas as condições.  

Vantagens

Homem sentado à frente de uma mesa sorri ao olhar um cartão bancário que está em sua mão direita e mexe em um notebook com a esquerda

Vamos mostrar algumas vantagens em optar pelo crédito consignado, quando você puder escolher essa modalidade.

Liberdade para usar o dinheiro

O dinheiro concedido pelo empréstimo consignado pode ser usado pelo cliente para o que ele quiser ou precisar. 

Ele não precisa comprovar que vai usar os recursos para quitar outra dívida, ou para comprar um determinado bem, como imóvel ou veículo. 

Assim, a pessoa pode empregar o dinheiro da maneira que preferir. Pode ser até para realizar uma meta ou sonho, como viagem, reforma da casa e abrir um negócio.

Ótima opção para quitar dívidas mais caras

Como é um empréstimo com taxas mais baixas do que a maioria das disponíveis no mercado, o consignado é uma alternativa para ajudar a se livrar de dívidas mais caras.

A pessoa pode pedir um consignado e quitar dívidas que estão comendo muito de seu orçamento com juros mais altos. E, então, reorganizar sua vida financeira e até sair do vermelho.

Limite do salário para usar nas parcelas

Chamado de margem consignável, esse limite evita que você comprometa uma fatia muito grande do seu salário ou benefício com o empréstimo. Ele depende da categoria, mas em geral fica em 30%. 

Ajudar a “limpar” o nome

Quem está com o nome negativado, ou “sujo” por causa de alguma conta ou financiamento que não pagou pode usar o consignado para quitar esse débito.

Estar com o nome negativado atrapalha a vida financeira. Empréstimos pessoais comuns  costumam ter taxas mais altas para inadimplentes do que para não inadimplentes.

Nesse crédito, a pessoa pode conseguir taxas mais baixas, pagar a dívida - ou as dívidas - que estão em aberto e, assim, consegue tirar seu nome das listas de restrição.

Desvantagens

Como tudo na vida, o crédito consignado tem algumas desvantagens. Vamos listar algumas para ajudar você a tomar a decisão.

Nem todo mundo pode pegar

Não é todo mundo que pode pegar um empréstimo consignado público. Para isso, é necessário que a pessoa tenha uma renda fixa comprovada e esteja vinculada a um órgão público que tenha convênio com a instituição financeira que vai oferecer o crédito. Assim,  podem tomar esse crédito aposentados e pensionistas do INSS, militares das Forças Armadas e servidores públicos em geral.

O consignado privado pode ser solicitado por trabalhadores em empresas privadas que tenham convênio com alguma instituição financeira.

Desconto em folha

Aquilo que é uma vantagem pode se tornar, em alguns casos, uma desvantagem. Quem pega o empréstimo consignado tem que avaliar com cuidado se o valor da parcela não vai fazer falta em algum momento, pois ele não terá como atrasar esse pagamento para priorizar outro.

Quem pode pedir 

Esse empréstimo pode ser solicitado pelas seguintes pessoas:

  • aposentados e pensionistas do INSS

  • militares e pensionistas das Forças Armadas

  • servidores públicos e pensionistas em geral

  • trabalhadores com carteira assinada.

As condições e taxas variam de acordo com o grupo e do convênio feito entre os pagadores (INSS, Forças Armadas, governos e empresas) com a instituição. E elas variam de acordo com a pessoa.

Em geral, essas condições costumam ser melhores para os três primeiros grupos. Isso porque eles têm estabilidade ou garantia de recebimento.

Os trabalhadores de empresas privadas só conseguem pedir o consignado se essa companhia na qual eles atuam tem convênio com alguma instituição financeira para que as parcelas sejam descontadas na folha de pagamento.

Qual o limite máximo para essa modalidade 

O valor de cada parcela do empréstimo consignado é limitado a uma porcentagem do salário ou benefício. Esse limite é chamado de margem consignável.

Essa medida tem como objetivo evitar que o cliente comprometa uma fatia muito grande de seu orçamento com um crédito, o que pode levar a um descontrole financeiro.

Na maioria dos grupos que podem tomar o consignado, essa margem consignável é de 30% do salário. Isso quer dizer que o valor total das parcelas não pode ultrapassar os 30%.

Mas é importante dizer que esse limite leva em consideração todos os créditos consignados que a pessoa tomou.

Os aposentados e pensionistas do INSS ganharam um fôlego a mais até o final de 2021. A lei 14.131 aumentou de 35% para 40% a margem consignável dessas pessoas. Esse percentual se divide em 35% de comprometimento com empréstimos consignados e 5% do no cartão consignado.

Para você entender esse limite, vamos dar um exemplo.

Um aposentado do INSS ganha R$ 3.000. Ele tem uma margem consignável para empréstimos consignados de 35%, portanto, de R$ 1.050 por parcela. Ele obtém um crédito em que cada parcela vai ficar em R$ 500. Portanto, sobram nessa margem R$ 550 por mês. 

Se ele precisar de mais dinheiro emprestado enquanto aquele primeiro contrato não termina de ser pago, ele pode conseguir um crédito consignado em que a parcela seja de até R$ 550.

Quais os cuidados antes de pedir um empréstimo

Antes de pedir qualquer empréstimo, você deve avaliar e planejar com cuidado, para que aquele dinheiro extra seja um benefício na sua vida. 

Um dos pontos a refletir é qual o motivo que vai te fazer pedir o crédito.

Uma pesquisa feita pelo SPC Brasil em 2018  mostrou que, entre os entrevistados que tinham pedido um crédito consignado, 30% usaram para pagar dívidas em atrasos, 20% para reformar a casa ou o apartamento e 16% para pagar as contas do dia a dia, como água, luz, telefone, aluguel, escola, condomínio etc.

Cada pessoa tem uma realidade diferente, então, é você quem precisa avaliar se você realmente precisa desse empréstimo. Se for para comprar alguma coisa de que não precisa com urgência nem seja essencial, vale a pena adiar essa compra.

Outro ponto a avaliar é se as parcelas cabem no seu orçamento. A pesquisa do SPC Brasil mostrou que 77% dos entrevistados fizeram as contas para saber se conseguiriam pagar as parcelas antes de contratar o empréstimo. O percentual é alto, mas, por outro lado, 23% não fizeram essa conta e podem ter sido surpreendidos com a falta desse dinheiro em seu orçamento. 

Nesse artigo, nós enumeramos alguns cuidados que você deve tomar na hora de pegar um empréstimo. Aproveite essas dicas para refletir e as informações desse artigo para escolher uma modalidade que seja mais vantajosa para você.