Pagamento no WhatsApp: saiba como usar de forma segura

Recurso para pagamentos no aplicativo foi lançado no país e será habilitado de forma gradual; veja como funciona

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

Depois da chegada do Pix como um meio prático e econômico de transferir dinheiro, agora será possível ir além das mensagens instantâneas e conversas no WhatsApp: na terça-feira (4)  foi lançada a função de pagamentos pelo WhatsApp no Brasil, mais uma opção para os brasileiros transferirem dinheiro. 

No Brasil, esse recurso, por enquanto, está disponível apenas para pessoas físicas, que foi autorizado pelo Banco Central em 30 de março. E o próprio WhatsApp diz que será liberado aos poucos para mais instituições financeiras. 

No caso de empresas, o recurso depende de autorização do Banco Central, mas não há prazo para ela ocorrer.

O meio de pagamento pode ficar popular, assim como o próprio aplicativo. De acordo com pesquisa da empresa Opinion Box:

  • 98% das pessoas que têm smartphone no Brasil possuem o WhatsApp;

  • 86% fazem uso do app todos os dias;

  • 76% se comunicam com empresas pelo WhatsApp e 52% compram produtos e serviços pelo app.

Mas é seguro fazer compras pelo WhatsApp? Quais os cuidados que devem ser tomados ao fazer pagamentos pelo aplicativo de mensagens? Como vai funcionar o recurso?

Entenda agora o que é o pagamento no WhatsApp e como você poderá utilizá-lo em segurança.

O que é o recurso de pagamentos no WhatsApp?

De acordo com a própria empresa, o recurso de pagamentos no WhatsApp permite enviar e receber dinheiro nas conversas que acontecem no aplicativo. É possível, por exemplo, mandar dinheiro à família, amigos e outros contatos pelas conversas.

A empresa diz que não cobra taxas no envio ou recebimento de valores, mas que as empresas de pagamento que começaram a participar desse serviço podem descontar valores relacionados, por exemplo, ao uso de cheque especial.

O objetivo é viabilizar uma nova maneira de mandar e receber dinheiro, do mesmo jeito simples que o WhatsApp permite enviar mensagens, áudios, fotos e vídeos.

O serviço para pagamentos é habilitado pelo Facebook Pay (setor de pagamentos do Facebook, empresa dona do WhatsApp) e pela Facebook Pagamentos, uma entidade autorizada pelo Banco Central para atuar em transações financeiras. 

O WhatsApp permite o envio de até R$ 1 mil por transação e o recebimento de até R$ 5 mil por mês, ou 20 transações por dia. Quando o limite é atingido, fica bloqueado o envio ou recebimento de pagamentos.  

Como fazer pagamentos no WhatsApp?

02_Mobile_Pagamento_Whatsapp _002_.png

Para mandar ou receber dinheiro pelo WhatsApp, é preciso configurar o Facebook Pay. Além disso, apenas quem é maior de idade e possui cartão pré-pago, cartão de débito ou cartão múltiplo com função débito pode, por enquanto, usar o recurso de pagamentos.

É preciso configurar o Facebook Pay no WhatsApp para as transações. Existem 2 jeitos para isso.

Configurando o Facebook Pay no WhatsApp fora da conversa

  • Acesse o aplicativo do WhatsApp;

  • Na tela inicial, vá nos três pontos do canto superior direito;

  • Selecione Configurações, depois, acesse Pagamentos;

  • Escolha a opção Facebook Pay e depois vá em Continuar;

  • Lá, você habilita as formas de pagamento autorizadas pelo WhatsApp.

Configurando em uma conversa

  • Abra a conversa com a pessoa para a qual você quer enviar dinheiro e toque no ícone de Anexo;

  • Escolha a opção Pagamento, e depois em Continuar na tela do Facebook Pay;

  • Toque em Continuar e, na sequência, crie um código numérico (PIN) para o Facebook Pay;

  • Insira o código novamente e vá em Avançar;

  • Você pode habilitar a Impressão digital ou, se não quiser, vá em Pular;

  • Coloque nome, sobrenome, CPF e avance;

  • Coloque os dados do cartão, como número do cartão de débito, data de validade e CVV (Código de Segurança);

  • Toque em Salvar.

Depois de configurada a forma de pagamento, para mandar dinheiro basta usar o ícone de anexo nas conversas, escolher a opção Pagamento, colocar o valor a transferir, confirmar o código PIN e a forma de pagamento. Pronto, o dinheiro foi enviado!

O WhatsApp preparou um vídeo explicando como funciona a configuração do serviço de pagamentos:

Comprar pelo WhatsApp é seguro?

03_Mobile_Pagamento_Whatsapp.png

O WhatsApp é um ambiente que pode ser utilizado por golpistas. Pesquisa da empresa digital PSafe indica que 8,5 milhões de brasileiros já tiveram o WhatsApp clonado, o que pode representar um grande risco de mau uso do serviço de pagamentos.

O mesmo estudo indica que um dos principais golpes que ocorrem no aplicativo de mensagens é a solicitação de dinheiro a amigos por parte de criminosos.

Por isso, é importante seguir algumas dicas:

  • Habilite senha e biometria tanto para acessar o aplicativo quanto para autorizar transações de pagamento;

  • Habilite a autenticação em dois fatores, que atua como uma segunda senha para acessar o WhatsApp;

  • Desconfie de ligações que peçam para você informar um código recebido por SMS, pois pode ser um golpe para acessarem o seu WhatsApp. Não informe nada;

  • Não acredite em mensagens de contatos, inclusive amigos e familiares, com pedidos de dinheiro e transferências. Ligue para a pessoa e confirme se foi um pedido real;

  • Não responda a mensagens com pedidos de pagamento que venham números que dizem ser bancos e outras instituições financeiras. Eles não entram em contato para esse tipo de serviço.

O WhatsApp afirma que os dados são protegidos com criptografia, um recurso de segurança que protege as informações dos pagamentos que acontecem no aplicativo, além de várias outras camadas de segurança.

Portanto, fazer pagamentos no WhatsApp é seguro, desde que você tenha cuidado com golpistas e reforce as configurações de acesso. Isso também vale para compras por meios eletrônicos. Por isso veja 7 dicas para você navegar e comprar de forma segura pela internet.