Receita Federal alerta por carta quem caiu na malha fina do Imposto de Renda

Objetivo é informar contribuintes que declaração precisa ser corrigida; veja como fazer

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

A Receita Federal iniciou o envio de cartas aos contribuintes que estão com  inconsistências na declaração do Imposto de Renda de 2021, referente ao ano-base de 2020. É a chamada malha fina.

O órgão divulgou na quarta-feira (14) o início do envio das correspondências, no Projeto Cartas 2021. As mensagens vão alertar os contribuintes que sua declaração do Imposto de Renda apresentou algum erro. São cerca de 550 mil cartas.

Ao avisar esses contribuintes que há erros em suas declarações, o objetivo desse projeto é que essas pessoas corrijam as informações. Para isso, é necessário enviar uma declaração retificadora.

Ao regularizar a declaração do Imposto de Renda antes de ocorrer a intimação ou notificação pela Receita Federal, o contribuinte evita a autuação e a cobrança de multas. 

Já num momento após o recebimento de intimação ou notificação, não é mais possível corrigir a declaração apresentada.

Saiba se você caiu na malha fina

Mulher olha para o laptop com a expressão séria e uma das mãos apoiando o queixo

O contribuinte pode saber desde o início de junho se caiu ou não na malha fina da Receita Federal por causa da declaração do Imposto de Renda 2021. 

Veja abaixo o passo a passo para consultar se a sua declaração está na malha fina ou se está em processamento, sem irregularidades. 

1) Você precisará fazer uma consulta no e-CAC, no site da Receita Federal, o centro de atendimento virtual da Receita Federal. É preciso ter senha de acesso. 

2) No centro da tela, no 3º quadro, clique em “Portal e-CAC”

3) Se você já tiver senha, é só informar. Quem ainda não tem senha e código precisa criá-los. Para criar, é preciso informar os recibos do IR de 2020 e 2021. Quem declarou pela 1ª vez neste ano só precisa informar o recibo deste ano. Outro caminho é usar a senha do gov.br.

4) No e-CAC, o contribuinte precisa acessar a opção “Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)”, do lado esquerdo da tela. Fica na aba “Serviços em Destaque”.

5) Na próxima página, aparecerá em cima, da esquerda para a direita, os anos e as situações das declarações. 

6) Se estiver tudo certo, aparecerá “Em fila de restituição”. Isso quer dizer que o contribuinte não caiu na malha fina e receberá a restituição conforme calendário da Receita.

7) Quando há erros, a Receita informa ao trabalhador qual o motivo de a declaração ter caído na malha fina. Para receber a restituição, é preciso corrigir o erro. 

Projeto Cartas 2021

Homem segura uma folha de papel com uma das mãos enquanto a outra apoia a testa. Ele observa a folha com a expressão séria

A Receita diz que o Projeto Cartas 2021 faz parte de suas ações institucionais para “incentivar a autorregularização da declaração”. Ou seja, a Receita abre a oportunidade para que o próprio contribuinte resolva suas pendências. Assim, evita multas.

Na carta a ser enviada aos contribuintes que têm erros em suas declarações, a Receita informa que não é necessário comparecer às unidades para tratar desse assunto. Em vez disso, a Receita reforça a possibilidade de fazer a correção pela internet.