Preço de gasolina, gás de cozinha e diesel sobe nas refinarias a partir desta terça-feira (6)

Reajustes nos preços dos combustíveis foram anunciados nesta segunda-feira (5); saiba os novos valores

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

O preço de 3 combustíveis será reajustado nesta terça-feira (6). A Petrobras informou, nesta segunda-feira (5), que os valores cobrados nas refinarias por gasolina, diesel e gás de cozinha vão subir.

De acordo com a Petrobras, o preço médio de venda da gasolina para as distribuidoras   passará para R$ 2,69 por litro. É um aumento de R$ 0,16 (6,3%) em relação ao preço médio anterior. 

O valor médio de venda do litro do diesel vai subir para R$ 2,81. O aumento é de R$ 0,10 (3,7%). 

Já o preço médio de venda de gás liquefeito de petróleo (GLP) para as distribuidoras será R$ 3,60 por kg. O aumento médio é de R$ 0,20 (5,8%) por quilo. Esse é o gás de cozinha, vendido geralmente em botijões de 13 kg para os consumidores. 

Veja abaixo os novos valores médios dos combustíveis, de acordo com a Petrobras: 

  • gasolina: R$ 2,69/litro (6,3%)
  • diesel: R$ 2,81/litro (3,7%)
  • GLP: R$ 3,60/kg (5,8%)

Como o botijão normal de GLP é de 13 kg, o valor médio passa a ser de R$ 46,80 nas refinarias. 

Importante destacar que esses são os preços que serão cobrados das distribuidoras. A eles, são adicionados valores de distribuição e revenda (35,6%) e impostos estaduais (ICMS), de cerca de 14%, para então chegar ao valor pago pelo consumidor. 

O governo federal zerou os impostos que lhe cabiam da venda de combustíveis, que são PIS e Cofins. Eles representavam menos de 1% do preço na refinaria.

Junho teve redução do valor da gasolina

Foto mostra a mão de uma pessoa segurando uma bomba de combustível abastecendo um carro 

No dia 11 de junho, a Petrobras tomou decisão oposta à desta semana. Naquela ocasião, anunciou a redução de 2% no valor do preço médio da gasolina nas refinarias. 

O que ocorreu naquele momento foi que o preço chegou a R$ 2,53 por litro a partir do dia seguinte, um sábado (12). Já o valor médio do diesel não foi alterado na ocasião. 

Com aquela redução, o preço da gasolina nas refinarias tinha caído cerca de 10% desde março. No dia 9 daquele mês, o valor chegou ao seu auge em 2021: R$ 2,84 por litro. 

De lá até junho, houve reduções no valor do combustível. Em maio, os preços médios nas refinarias foram a R$ 2,59 por litro para a gasolina e a R$ 2,71 por litro para o diesel.

Preço da gasolina  subiu no ano 

Apesar daquela redução, o preço da gasolina nas refinarias já tinha subido durante o ano.  Em dezembro de 2020, o litro da gasolina custava em média R$ 1,84 nas refinarias, enquanto o do diesel saía a R$ 2,02. 

A alta acumulada da gasolina em 2021 era de 37,5% nas refinarias. O aumento do diesel era 34,1%. 

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) já havia constatado que, até maio, o preço da gasolina tinha subido 24,7% para os consumidores. O dado foi divulgado na análise sobre o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) referente a maio. 

Reajuste no valor do gás

Foto mostra panela sobre fogão com vapor saindo dela    

No mesmo dia 11 em que reduziu o valor da gasolina, a Petrobras informou também sobre o aumento do preço do GLP (gás liquefeito de petróleo). O botijão de 13kg ficou 5,9% mais caro. 

O novo valor do GLP nas refinarias elevou o preço em média, por quilo, para R$ 3,40. Assim, conforme o reajuste, o novo preço médio para o botijão 13kg passou a ser de R$ 44,20 nas refinarias. 

Veja essas dicas de como economizar gás para reduzir o gasto com esse produto.