Brasileiros sofrem uma tentativa de fraude a cada 8 segundos, diz pesquisa

Levantamento da Serasa mostra que houve crescimento de 15,6% no 1º semestre deste ano; saiba como se prevenir

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

A cada 8 segundos, aconteceu uma tentativa de fraude no Brasil no 1º semestre deste ano. É isso o que mostra o Indicador de Tentativas de Fraude do Serasa Experian.

O levantamento mostra que houve 1,9 milhão de ataques nos 6 primeiros meses de 2021. O aumento é de 15,6% em relação ao mesmo período do ano passado. 

Esse é também o maior volume de tentativas de fraudes a brasileiros já registrado no semestre na série histórica do estudo, que é feito desde 2011. Portanto, há 10 anos.

A mesma pesquisa ainda mostra que as pessoas com até 25 anos puxaram a alta dos ataques. Contra elas, houve crescimento de 19,3% nas tentativas de fraudes.

Veja abaixo a série histórica da quantidade de tentativas de fraudes no 1º semestre e a média dessas tentativas por segundos:

  • 2021: 1.960.322 (8,0s)

  • 2020: 1.696.451 (9,4s)

  • 2019: 1.832.201 (8,6s)

  • 2018: 1.616.936 (9,7s)

  • 2017: 1.696.342 (9,3s)

  • 2016: 1.515.229 (10,4s)

  • 2015: 1.454.184 (10,8s)

  • 2014: 1.416.947 (11,1s)

  • 2013: 1.301.447 (12,0s)

  • 2012: 1.260.458 (12,5s)

  • 2011: 1.250.282 (12,5s)

No comunicado sobre o resultado, o diretor de Soluções de Identidade e Prevenção a Fraudes da Serasa Experian, Jaison Reis, atribuiu o aumento das tentativas de fraudes à aceleração da digitalização ocorrida em meio à pandemia.

“Houve uma mudança no comportamento dos brasileiros, que passaram a adquirir bens e serviços online, graças às regras de distanciamento social impostas pela pandemia”, disse ele no texto.

“Portanto, os oportunistas tinham mais transações para tentar acessar dados e recursos”, afirmou no comunicado. 

Como é feito o levantamento sobre tentativas de fraudes

Imagem mostra um homem de costas mexendo num laptop sobre a mesa com três monitores à frente. As telas exibem gráficos

O Indicador de Tentativas de Fraude é feito a partir do cruzamento de 2 conjuntos de informações das bases de dados da Serasa Experian. 

  1. Total de consultas de CPFs, feito mensalmente na Serasa Experian; 

  2. Estimativa do risco de fraude, obtida por modelos de probabilidade de fraudes desenvolvidos pela própria Serasa Experian, com base em dados brasileiros e tecnologia.

Basicamente, o indicador é feito pela multiplicação da quantidade de CPFs consultados (item 1) com a probabilidade de fraude (item 2).

Dicas para se livrar de tentativas de fraudes

Com a digitalização, surgem muitas vantagens, como a comodidade de comprar sem sair de casa, que poupa muito tempo. Mas é preciso também tomar alguns cuidados para que essa experiência não se torne uma cilada.

Veja abaixo algumas dicas para não cair em golpes e comprar em segurança pela internet

Reputação da empresa:

03_Mobile_Fraude_10_09.png

Preste atenção na reputação da empresa. É uma loja conhecida? Ou é um site desconhecido? Saiba que existem sites que registram reclamações dos consumidores e cobram respostas das empresas. O mais conhecido do Brasil é o Reclame Aqui, que publica uma média de 20 mil reclamações por dia

Desconfie de preços muito baixos: 

Todo mundo gosta de uma boa oferta, mas é como aquele velho ditado: quando a esmola é demais, o santo desconfia. 

Cuidado com as compras em computadores públicos: 

Esses computadores podem conter vírus e roubar seus dados pessoais ou até salvar suas informações de compra sem que você perceba. Neste caso, uma outra pessoa que use o computador depois poderá se aproveitar dessas informações de um jeito malicioso. 

Quer saber mais? Dê uma olhada também em algumas dicas para fazer compras em segurança, especificamente, pelo celular.