Como pedir um cartão com limite alto e ter mais crédito

Um cartão com limite alto pode ser uma boa para quem precisa de crédito

Mais crédito
para você
Por Rodrigo Chiodi

O cartão com limite alto é uma boa alternativa para quem ainda não possui bastante crédito para comprar tudo o que precisa. Esse recurso deve ser usado com cuidado, para evitar o excesso de dívidas e inadimplência, mas ajuda na realização de objetivos.

Isso porque o cartão permite parcelar compras que não dá para pagar à vista, como uma grande viagem,um notebook ou celular. O crédito, portanto, é o jeito de comprar alguma coisa de valor elevado e pagar aos poucos, com prestações que cabem no bolso.

Mas, antes de procurar um cartão com limite alto, você precisa avaliar qual o valor que é compatível com o que pode gastar. Em geral, os bancos oferecem um limite de cartão que esteja de acordo com a sua renda e perfil de consumo.

Não adianta querer um aumento de limite que seja maior do que suas condições financeiras. O banco consegue verificar, por meio do score de crédito, qual o histórico do cliente e negar o aumento, pois existe a chance de a pessoa se complicar com um limite alto demais para a sua renda.

Agora, se ficar evidente para o banco que alguém é confiável e consegue pagar parcelas após o aumento do limite do cartão de crédito, há mais chances de a instituição conceder esse benefício.

Por isso, veja boas práticas que te ajudarão a ter um cartão com limite de crédito mais alto.

5 dicas para conseguir um cartão com limite alto

Foto de homem sorrindo enquanto olha para celular, feliz por pedir um cartão com limite alto. O homem é branco, tem barba curta, usa óculos e veste camisa social azul. Em destaque, um cartão em sua mão esquerda e um celular na direita 

  1. Atualize os seus cadastros com o banco

Se o seu cadastro pessoal no banco estiver desatualizado, não tem como a instituição saber a sua renda mensal e outras informações financeiras que são importantes para considerar o aumento do limite do cartão de crédito.

Por isso, sempre deixe informações como nome, telefone, e-mail, endereço e outras atualizadas nos cadastros bancários. Isso facilita não apenas o contato da instituição com você para oferecer produtos e novos limites de crédito, mas também a análise de crédito.

Para emprestar mais dinheiro, o banco precisa ter certeza de que tem todas as suas informações atuais, especialmente a renda mensal, que é importante para as análises internas da instituição sobre a capacidade de pagamento de alguém.

  1. Utilize o seu cartão de crédito

Quem não usa o cartão de crédito tem menos chances de conseguir um aumento do limite. Pense: se a pessoa nem sequer faz compras no crédito, para que ela precisa de mais crédito? Por isso, é bom mostrar ao banco que você é um bom usuário do cartão.

Mas atenção: para esta lógica funcionar, você tem que pagar a fatura em dia, certo? Senão, vai mostrar justamente o oposto: que não pode ter um  limite maior, senão pode se complicar e acabar não pagando a fatura.

Também não é bom pagar só o valor mínimo. Por isso, o planejamento financeiro é essencial para que seja gasto no cartão somente aquilo que o orçamento pessoal permitir. Dessa maneira, você sempre pagará a fatura em dia, o que conta para aumento do limite.

  1. Tenha atenção com o seu score de crédito

O score é um sistema de pontuação feito por instituições financeiras para saber se alguém paga dívidas e compromissos financeiros em dia ou não. Quanto mais alto, mais confiável aquela pessoa é na visão das instituições, como bancos.

Por isso, não é só a fatura do cartão de crédito que deve ser paga em dia: você tem que manter no azul as contas em geral. Afinal, para conceder mais crédito os bancos verificam não apenas o seu histórico como cliente da própria instituição, mas também em outras.

Caso apareçam contas atrasadas, isso vai deixar o seu score baixo, o que diminui a probabilidade de aumentarem o limite do cartão de crédito. Agora, se estiver tudo em dia ou com pagamento até adiantado, o score sobe (assim como a confiança do banco em você).

  1. Procure formas de aumentar sua renda

Existem cartões de crédito com limite alto que são disponibilizados apenas para clientes que possuem uma determinada renda. Isso acontece porque o banco deseja ter garantias de que a pessoa vai conseguir pagar a fatura de um cartão assim.

Por isso, se você tem pensado em pedir aquele aumento de salário ou conta com outras fontes de renda extra que pode comprovar, é possível pedir um cartão com limite alto e mostrar que possui condições de arcar com custos mais altos. 

  1. Peça um cartão de crédito em outra instituição

Às vezes, é difícil conseguir aumentar o limite do cartão em uma mesma instituição. Por isso, você pode consultar outras instituições que ofereçam cartões de crédito que possuam o limite desejado.

Vantagens do limite mais alto

Foto com detalhe para mãos de uma pessoa segurando máquina de cartão, enquanto a mão de outra pessoa aproxima um cartão

Um cartão com limite alto é útil quando você pensar em fazer compras de alto valor, mesmo que de forma parcelada. Por exemplo: se aquela geladeira dos sonhos custa R$ 3 mil, pagar tudo de uma vez pode pesar no bolso e juntar essa grana pode demorar.

A não ser que você tenha renda suficiente para pagar pela geladeira à vista, uma opção é comprar no crédito e parcelar. Só que se o limite do cartão de crédito for de  R$ 2 mil, a compra não vai rolar, pois o valor é menor do que o preço da geladeira.

Então, se o cartão de crédito tiver o limite aumentado para  R$ 3 mil, vai dar para adquirir a tão sonhada geladeira. E você ainda pode parcelar esse valor em 10 vezes, por exemplo. Assim, em vez de pagar  R$ 3 mil, você pagará por parcelas de  R$ 300  durante o período de 10 meses.

O influenciador João Pimenta fez um vídeo super legal explicando como aumentar o limite do cartão. Está no canal Pra Fazer Mais, do Banco PAN. Ele comparou esse desafio a como fazer um bolo em casa. 

O cartão de crédito é uma ótima opção para fazer compras parceladas ou de valor mais alto, mas existem outras alternativas para pagamento. Por isso, saiba quando comprar com cartão de crédito ou débito!  

*Texto atualizado em 12.07.2021