Controle de gastos pessoais: como você tem feito o seu?

Veja como organizar as suas finanças para não ficar no aperto

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

Um dos principais caminhos para ter uma boa saúde financeira é realizar um controle de gastos pessoais. Com ele é possível saber em que você está gastando o seu dinheiro, além de ter uma visão mais ampla de quanto sobra de sua renda ao final de cada mês.

Segundo dados de uma pesquisa divulgada em janeiro de 2020 pelo SPC Brasil e pela Confederação Nacional dos Dirigentes de Loja (CNDL), 48% dos consumidores não controlam os gastos pessoais. Já os 52% que fazem algum tipo de controle não costumam anotar todas as despesas.

Ainda segundo a pesquisa, 78% dos brasileiros conseguem pagar todas as contas do mês, mas em 33% dos casos não sobra dinheiro para guardar ou investir.

O estudo também mostrou que apenas 1 terço das pessoas que adotam algum método de controle de gastos planejam o mês com antecedência.

É importante lembrar que quem realiza um controle mais detalhado não é pego de surpresa com imprevistos desagradáveis.

O que é controle de gastos pessoais?

É o hábito de controlar todos os gastos realizados ao longo do mês, a fim de não estourar o orçamento. Em outras palavras, significa não gastar mais do que ganha. 

Manter esse hábito é importante para saber exatamente onde estão seus gastos. Existem as contas mensais, como luz, água, gás, telefone, TV a cabo, condomínio, aluguel e até as compras de supermercado. Essas despesas, muitas vezes, já estão mais ou menos na conta até de cabeça que as pessoas fazem.

Mas existem alguns outros gastos que podem aparecer ao longo dos dias e não eram tão programados. Exemplos disso são um presente para alguém que não estava planejado, um conserto em alguma coisa da casa e até mesmo um lanche fora. Tudo isso precisa entrar no seu controle de gastos. 

Como fazer um controle de gastos pessoais?

Duas pessoas estão fazendo cálculos. A primeira, uma mulher, está apontando para uma folha. A segunda, que só aparece as mãos, está fazendo cálculos no celular. Elas estão em uma mesa com notebook, cadernos e uma caneca.

Uma das principais formas para organizar a sua vida financeira é criar uma planilha de controle ou definir, por exemplo, um local para anotar todos os gastos, como um caderno, se você não tiver muito jeito para lidar com planilhas. 

Com esse local definido e a rotina certa de anotar tudo o que é gasto, é possível somar todas as despesas, fixos e variáveis, para entender o quanto você está gastando por mês. 

 É importante ter tudo anotado em sua planilha ou caderno, mesmo os pequenos gastos do dia a dia. Além disso, também dá pra dividir por categorias e ver onde está pesando mais. 

Com tudo isso bem visível, é possível ir ajustando o seu orçamento, retirando os maiores gastos ou aqueles que podem ser diminuídos com mais facilidade. 

Como definir metas para guardar mais dinheiro? 

Definir metas é importante para que você consiga entender melhor o seu controle de gastos.

  • Quanto você gostaria de guardar por mês? 

  • Pretende começar a investir? Quanto será investido de seu dinheiro por mês? 

  • Quanto você vai gastar por mês com lazer? 

  • Quanto você gostaria de guardar para imprevistos? 

  • Pretende comprar algo, realizar uma viagem internacional?

Com as metas bem definidas, é possível monitorar o seu desempenho e saber se os seus objetivos estão sendo atingidos.  

Mude seus hábitos de consumo

Após incluir todos os valores em seu controle de gastos pessoais, é a hora de entender onde é possível fazer modificações.

Se à primeira vista já deu para identificar que você está gastando mais do que ganha, esse é o momento para mudar a sua forma de agir com o dinheiro. 

Aplicativos de transporte, delivery e até mesmo as comprinhas naquele site que você gosta tanto podem ser os grandes vilões em seu orçamento. 

Por exemplo: se após montar o seu controle de gastos, você percebeu que seu principal gasto é com a entrega de comida, talvez seja o momento de se organizar para reduzir os pedidos e começar a cozinhar mais. 

Agora, se você está gastando muito com roupas, faça uma organização em seu guarda-roupas e veja se existem peças que ainda servem,  além daquelas que podem ser doadas ou vendidas em algum bazar online.

Compare mais os preços 

Imagine que a planilha de controle apontou que o seu maior gasto é com supermercado. Isso pode significar que você precisa comparar mais os preços dos produtos antes de comprá-los. 

Caso goste muito de uma marca, veja se o valor que ela cobra pelo produto ainda vale a pena. Algumas vezes é possível encontrar o mesmo produto por um valor menor. 

Uma boa forma de entender os seus gastos no supermercado é ir somando as compras antes de colocar os produtos no carrinho.  

Evite comprar por impulso

Mulher vestindo uma camiseta verde, sorrindo, está sentada em frente a um computador e segurando um cartão de crédito. A mulher está digitando alguma informação em seu celular que aparece em cima da mesa, ao lado do computador.

Sabe quando você está conferindo suas redes sociais e se depara com algum anúncio interessante? 

É comum clicar para saber mais sobre o produto que ele está oferecendo e, em alguns casos, comprá-lo. Isso se chama "comprar por impulso".

Para não cair na tentação, entenda se você realmente vai precisar do produto naquele momento ou se consegue viver um tempo sem ele. 

Algumas vezes, ele pode entrar em promoção, dando a você a oportunidade de economizar e pagar mais barato.

Caso seja necessário comprar algum eletrodoméstico ou algo de valor elevado, faça um planejamento financeiro antes. Veja se é possível comprá-lo à vista ou, caso seja necessário parcelar, verifique se as parcelas vão caber no seu orçamento.  

Reserve dinheiro para despesas anuais

É comum esquecer que existem contas que são pagas anualmente e, em alguns casos, em valores elevados.

IPVA, IPTU, seguros, licenciamento etc. são despesas que, quando pagas, podem desestabilizar o orçamento mensal. Isso mesmo no caso daqueles que possibilitam o parcelamento. 

Para não ficar sem dinheiro já no início do ano, guarde uma graninha para cobrir essas despesas ou vá ajustando o seu orçamento até conseguir pagar tudo sem se afogar. 

Abra uma conta digital no Banco PAN

Com a conta digital do Banco PAN, você realiza as principais transações bancárias, diretamente pelo celular, não paga taxas e ainda conta com cartão de crédito sem anuidade. 

No app da conta digital grátis do Banco PAN, você ainda tem um controle de tudo o que gasta, além de entradas, saídas e futuros lançamentos. Gostou? Abra sua conta pelo app! 

Agora que você já sabe da importância de realizar um controle de gastos pessoais, leia também 9 apps para fazer o controle de gastos da casa.