O que é o PIX Troco e PIX Saque e quando começa a funcionar?

Essas duas modalidades de PIX devem ser usadas pelo comércio em breve. Conheça mais sobre elas

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

 

O PIX chegou para facilitar a vida de todo mundo na hora de movimentar valores, seja para fazer pagamentos, transferências ou usar no comércio em geral. E mais novidades estão pra chegar, com a implantação do PIX Troco e PIX Saque.

Esses recursos são uma nova forma de sacar valores em espécie. Eles tendem a ampliar as opções aos usuários.

Quem cadastrou o PIX terá mais uma possibilidade de usar o recurso muito em breve, de acordo com o Banco Central (BACEN). O PIX Troco e PIX Saque estão previstos para serem lançados de forma conjunta ainda em 2021.

O que é PIX mesmo?

O PIX é o sistema de pagamento instantâneo criado pelo BACEN para que qualquer pessoa com conta corrente, conta poupança ou conta de pagamento pré-paga possa enviar e receber recursos durante 24 horas, por dia, 7 dias por semana, sem pagar taxas.

Dá para usar PIX de pessoa para pessoa, de pessoa para estabelecimento, entre estabelecimentos e também para entes governamentais. Tudo acontece de forma eletrônica, instantânea e muito segura.

O meio de pagamento passou a vigorar em novembro de 2020 e, desde então, tem passado por diversas fases nas quais são acrescentados novos recursos. Tudo isso aumenta as possibilidades de usar PIX para as mais diferentes finalidades.

Como vai funcionar o PIX Troco?

Foto mostra notas de 100 reais sendo passadas da mão de uma pessoa para a mão de outra pessoa.

O PIX Troco é a transação que poderá ser oferecida por estabelecimentos em operações de compra ou prestação de serviço, diz o BACEN. Numa transação, quem compra pode pagar via PIX um valor maior que a compra e receber o troco com dinheiro em espécie.

Faz de conta que você quer pagar uma conta em supermercado com PIX  e percebe que, mesmo com saldo na conta para pagar pelo pedido, está sem dinheiro vivo na carteira. Uma opção para conseguir a grana em espécie seria ir até um caixa eletrônico e sacar o dinheiro.

Com o PIX Troco, será possível juntar as duas operações em uma só: pague a compra no caixa e informe que deseja o PIX Troco. Com isso, dá para pagar por meio eletrônico um valor mais alto de compra e o estabelecimento leva o troco em dinheiro pra você.

Um exemplo prático: se uma pessoa faz uma compra de R$ 40 no mercado e percebe que está sem nenhum dinheiro vivo na carteira, ela poderá fazer um PIX de R$ 50 para o estabelecimento e ainda levar o troco em uma nota de R$ 10.

Como vai funcionar o PIX Saque

Foto mostra mão de uma pessoa segurando celular, enquanto é feita leitura de QR Code na tela do aparelho. O celular é apontado para uma placa com outro QR Code para explicar o conceito de PIX Troco e PIX Saque.

Com o PIX Saque, será possível fazer um saque em dinheiro em estabelecimentos comerciais, serviços de saque e bancos. Como diz o BACEN, “o usuário do PIX poderá sacar dinheiro em uma padaria, um estacionamento ou em um caixa eletrônico”.

Funcionará assim: o local que atuar como agente de saque (oferecendo o PIX Saque) vai disponibilizar um QR Code ou a função PIX Copia e Cola para uma pessoa que deseja sacar dinheiro. Quando o cliente fizer o PIX, receberá os valores em espécie.

Para contar com o recurso, lojas e empresas devem celebrar contrato com uma instituição financeira ou de pagamento participante do PIX. Os estabelecimentos também podem definir seus próprios limites de horários ou valores para esse tipo de transação.

Quem já oferece o PIX Cobrança será obrigado a disponibilizar o PIX Saque.

Quando PIX Troco e PIX Saque entram em vigor?

O BACEN prevê que os recursos vão entrar em vigor a partir do dia 29 de novembro de 2021.

Entre as vantagens do PIX Troco e PIX Saque destacadas pelo BACEN, estão:

  • mais estabelecimentos comerciais para clientes sacarem dinheiro

  • facilidade para conseguir valores em espécie além do caixa eletrônico

  • menos custos com distribuição de valores em espécie, com mais segurança.

PIX Troco e PIX Saque serão cobrados?

Foto mostra a mão de um homem branco tirando uma carteira marrom de dentro de uma calça jeans. Apenas a mão e a cintura do homem aparecem.

De acordo com o BACEN, os usuários terão direito a até 8 transações gratuitas mensais, pelo PIX Saque ou pelo PIX Troco.

Além disso, a entidade diz que não terá um máximo de quantidade de saques, mas que haverá limites por saque realizado.

Por isso, é importante observar se a loja com a qual você deseja usar PIX Troco ou PIX Saque aderiu à modalidade ou se possui limite máximo de troco ou saque. Os comércios não poderão cobrar pelo serviço, mas também não são obrigados a oferecer as operações.

A exceção fica para locais que oferecem o PIX Cobrança por meio da PIX API, segundo o BACEN. Para oferecer PIX Saque e PIX Troco, as empresas devem procurar instituições financeiras ou de pagamento para que o recurso fique disponível.

A chegada do PIX trouxe uma série de vantagens para instituições financeiras, comércios e para as pessoas. Antes do sistema entrar em vigor, era preciso se preocupar com muitos aspectos que ninguém precisa ter mais. Relembre 5 preocupações que o PIX eliminou!