Consumidor de baixa renda pode voltar a ter luz cortada por falta de pagamento

Medida que suspendia cortes para quem está inscrito na tarifa social não foi renovada

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

Consumidores de baixa renda que não pagarem a conta de luz poderão ter a energia cortada, de acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Isso ocorre porque deixou de valer a medida que suspendia a possibilidade de corte de luz para quem paga a Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE). Com isso, os atingidos são os consumidores de baixa renda. 

Mas a empresa precisará mandar um aviso ao consumidor dando prazo de 15 dias para que ele regularize a situação antes de cortar o fornecimento de energia.

Se você está nessa situação, saiba que há formas de negociar a dívida com as distribuidoras de energia.

Entre as facilidades estão descontos, renegociações e parcelamentos estendidos. 

Consumidores com tarifa social pagam bandeira vermelha

Foto mostra as mãos de uma pessoa fazendo contas em uma calculadora sobre uma mesa

Em meio à maior crise hídrica dos últimos 91 anos, o governo federal criou uma nova bandeira tarifária – a bandeira de escassez hídrica, que passou a ser a mais alta de todas.

Sendo assim, a bandeira de escassez hídrica é ainda mais cara do que a bandeira tarifária vermelha de patamar 2. No entanto, não são todos os consumidores que pagarão a nova bandeira extra.

Os consumidores com direito à tarifa social, por exemplo, estão fora dessa cobrança adicional. Eles serão cobrados pela bandeira vermelha de patamar 2. 

O mesmo vale para consumidores de Roraima, estado brasileiro que não faz parte do Sistema Interligado Nacional (SIN) de transmissão de energia. 

Na bandeira vermelha de patamar 2, a pessoa paga R$ 9,49 a mais em sua conta de luz a cada 100 kWh consumidos. Já a bandeira de escassez hídrica prevê o pagamento de R$ 14,20 a cada 100 kWh. 

O reajuste de uma bandeira para a outra é de 49,59% na taxa extra. Esse reajuste passou a vigorar no dia 1º de setembro e vai até o final de abril de 2022. 

Saiba economizar com energia

Outra forma de evitar cortes de luz é diminuindo o valor da conta. Para isso, é importante que você saiba como economizar.

Veja abaixo 5 dicas para economizar uma grana com a conta de luz:

Determine um tempo para o banho

É possível tomar banho sem ficar com o chuveiro ligado durante horas. Isso desperdiça não apenas energia, mas também água.

Estabeleça um tempo para entrar e sair do banho, como 7 ou 10 minutos.

Acumule roupa para lavar

Em vez de lavar roupa dia sim, dia não, acumule várias peças para lavar tudo de uma vez, usando a capacidade máxima da máquina.

Isso faz com que o aparelho seja ligado uma vez só em um intervalo de tempo.

Aproveite a luz do sol 

Mulher e menina estendem roupa em varal ao ar livre

Isso vale tanto para secar as roupas quanto para o dia a dia. Aproveite a luz natural para não precisar ficar com as luzes de casa ligadas. Se você acorda cedo, tem mais tempo para aproveitar essa claridade, inclusive. Evite ligar as lâmpadas durante o dia.

Troque as lâmpadas por LED

Falando em lâmpadas, as de LED são mais econômicas e duram mais do que outros modelos. Por isso, invista em lâmpadas de LED.

Não desligue o freezer à noite

Quem tem geladeira ou freezer não precisa desligar o aparelho à noite para economizar. A Aneel explica que a geladeira leva 10 horas para perder a refrigeração e, quando for ligada de novo, vai funcionar até resfriar por completo.

Por isso, só vale desligar freezer ou geladeira se o aparelho ficar por muito tempo sem uso, como durante uma viagem.

Veja ainda outras dicas para economizar com a conta de luz e aproveite para saber outras formas de poupar uma grana, como, por exemplo, com gás de cozinha.