Quais contas priorizar em caso de falta de dinheiro?

Organize sua vida financeira e saiba quais contas pagar quando o dinheiro for pouco

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

  

O aperto financeiro pode chegar para qualquer pessoa e, nessa hora, é fundamental entender que contas fixas pagar primeiro, para não ter problemas depois. Se o dinheiro que você tem é menor do que as despesas fixas, é importante saber priorizar.

Por mais que a ideia seja sempre pagar tudo, às vezes é necessário optar pelas contas que, se não forem quitadas, trarão mais problemas no seu dia a dia e na sua vida financeira.

A inadimplência atinge 25,6% das famílias brasileiras, segundo uma pesquisa com dados de agosto de 2021 da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo)

Ainda segundo o estudo, mais de 10% das famílias afirmam que não têm condições de pagar compromissos financeiros

Se você perceber que não possui dinheiro suficiente para pagar tudo, o melhor a fazer é priorizar o pagamento de contas que são mais importantes. Veja quais são!

Quais contas priorizar se faltar dinheiro

Na hora de organizar as contas e escolher as que serão pagas primeiro, o ideal é entender aquilo que é mais importante na sua vida. 

Claro que o melhor é quitar tudo no vencimento, mas, se faltar dinheiro, algumas podem ser pagas depois.

Nós reunimos as contas em 7 categorias, explicando a influência e importância de cada uma, para te ajudar na hora de fazer a escolha sobre qual priorizar.

  1. Contas essenciais

 foto mostra boca de fogão acesa, com panelas ao fundo desfocadas

 

Água, luz, gás e internet são insumos básicos. Caso essas despesas não sejam pagas o mais rápido possível, a chance de corte no fornecimento do serviço é grande.

Ficar sem energia, água ou internet traz grandes prejuízos para o dia a dia. Todos esses recursos são essenciais, então priorize sempre o pagamento dessas contas, ainda mais se estiverem atrasadas. 

Pense também em formas de economizar nessas contas, pois se o valor delas for menor, pode ser mais fácil manter o pagamento em dia.

A moradia é um item essencial e quem mora de aluguel entende como é importante manter o pagamento dessa despesa em dia. Atrasos podem acarretar em situações desagradáveis, como ações de despejo.

Por isso, mantenha o pagamento em dia sempre que possível e, se faltar dinheiro em um determinado mês, procure colocar o aluguel entre as primeiras despesas a serem pagas. Se não for possível, proprietários ou imobiliárias podem aceitar negociações.

Porém, o ideal é manter o pagamento sempre em dia e não ficar com receio de, numa situação de inadimplência, precisar se mudar ou mesmo sofrer despejo.

O cheque especial é um tipo de crédito pré-aprovado disponibilizado para quem usou mais do que possuía na conta. Só que os juros dessa modalidade de crédito são muito altos e podem chegar a 8% ao mês.

Além disso, alguns bancos podem cobrar juros e multas sobre o saldo atrasado, sem contar o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) que incide sobre o cheque especial.

Portanto, essa dívida deve ser quitada o mais rapidamente possível, para que não haja cobrança de juros e multas em valores altos que podem virar uma bola de neve de endividamento ou mesmo inadimplência.

  1. Cartão de crédito

foto destaca mãos de duas pessoas brancas em cima de mesa. À direita, a pessoa está usando um notebook. À esquerda, a outra pessoa segura um cartão. Folhas de contas estão ao lado do notebook.

O cartão de crédito pode ser um aliado na hora de comprar produtos que tenham um alto valor. Além de comprar agora e pagar depois, o recurso permite parcelamentos que cabem no bolso.

Porém, caso as faturas não sejam pagas de forma integral, corre-se o risco de cair no crédito rotativo. um tipo de empréstimo para quem pagou mais que o valor mínimo da fatura, mas não quitou o total.

Esse tipo de crédito tem taxas de juros mais altas do que a média dos empréstimos.. Por isso, antes de cair no rotativo, busque quitar o máximo possível do valor da fatura do cartão.

  1. Empréstimos e financiamentos com garantia

Um empréstimo com garantia tem suas vantagens e ajuda a obter dinheiro, só que a inadimplência nessa modalidade de crédito pode acarretar na perda do bem que serve de garantia, como um imóvel ou automóvel.

Logo, é muito importante pagar esse tipo de empréstimo em dia para evitar transtornos. Se não sobrar dinheiro suficiente para quitar a parcela de um empréstimo, é bom pensar em negociar a dívida. Com isso, as chances de perder o bem são menores.

Fique atento a contratos que tenham a alienação fiduciária entre as cláusulas, pois esse mecanismo dá ao credor maior velocidade na hora de reaver o bem dado em garantia.

infográfico mostra trechos do texto sobre quais contas priorizar em caso de falta de dinheiro, com ilustrações

Por que colocar em ordem quais contas priorizar?

Ao colocar ordem nas contas que devem ser pagas primeiro, será priorizado o pagamento dos débitos que, se não forem quitados, podem trazer mais danos para a sua vida. Um aluguel que está há meses sem ser pago pode resultar em despejo, por exemplo.

Ao mesmo tempo, ainda que o ideal seja pagar todas as dívidas, algumas delas possuem margem de negociação ou podem esperar sem cobrança de juros mais altos. É o caso de contas de TV por assinatura ou crediário, por exemplo.

Por fim, quem prioriza contas tem mais clareza sobre o tamanho das despesas e pode perceber o que dá pra reduzir ou cortar. Se pagar as contas de celular e TV paga está difícil, esse custo pode ser menor ou até ser cortado do orçamento.

O que fazer com as contas não pagas?

foto mostra uma mulher e um homem conversando sentados com um de frente para o outro em mesa. A mulher está de costas para a foto e tem cabelos cacheados pretos. O homem, do outro lado da mesa, é negro, tem cabelo grisalho curto, usa máscara e veste camisa branca

Depois de priorizar e pagar as contas principais, é hora de pensar no que fazer com despesas que ficaram com pagamento pendente. Como dívida não caduca, quanto mais tempo a conta ficar em aberto, maior pode ser o valor a ser pago depois, devido a juros e multas.

Então tente algumas estratégias para quitar as despesas que não conseguiu pagar. Você pode:

Quem deixou de pagar contas ou dívidas pode estar com o nome sujo, o que atrapalha na vida financeira pois dificulta o acesso a crédito e outros recursos. Por isso, veja como limpar o nome!