Saiba como funciona a conta corrente e tire suas principais dúvidas

Veja o que é necessário para ter uma conta corrente e quais são as vantagens

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

  

A conta corrente é uma das formas mais práticas de movimentar suas finanças no dia a dia, seja para realizar pagamentos via PIX, efetuar saques ou para acompanhar os seus gastos na tela do celular.

Toda instituição bancária pode oferecer uma conta corrente com diversos benefícios. Mas você sabia que alguns são obrigatórios?

No texto a seguir, confira todas as transações incluídas na conta corrente gratuita, as vantagens, o que é necessário para abrir a sua e as diferenças com outras modalidades, como a poupança.

O que é conta corrente e como funciona?

A conta corrente é o modelo de conta bancária mais comum e que oferece fácil acesso ao dinheiro depositado nela. É uma modalidade que permite movimentações como saques, pagamentos e depósitos ilimitados, o que a faz ser ideal para o dia a dia.

Você pode ter acesso ao dinheiro depositado na conta corrente por meio de caixas eletrônicos, nas compras com cartão de débito, pelo internet banking ou aplicativo.

O Banco Central estabelece que todas as instituições bancárias devem oferecer ao menos uma modalidade de conta corrente gratuita com serviços essenciais. A única exigência para mantê-la ativa é a realização de depósitos mensais em um valor mínimo, que pode ser definido por cada banco.

A conta corrente gratuita oferece como serviços essenciais:

  • 1 cartão de débito;

  • 2 extratos bancários por mês;

  • 2 transferências gratuitas por mês entre contas do mesmo banco;

  • 4 saques por mês;

  • 10 folhas de cheque por mês.

Vale destacar que a conta corrente também disponibiliza transferências e pagamento via PIX, de forma gratuita, como uma opção mais prática de movimentar seu dinheiro.

Além disso, existem outros modelos de conta corrente que oferecem mais vantagens, mas mediante ao pagamento de taxas de mensalidade. Os benefícios podem variar de acordo com o banco. 

Há opções que oferecem empréstimo pessoal com taxas de juros menores, descontos em produtos financeiros e cashback nas compras feitas no débito.

Como abrir uma conta corrente?

v

Até poucos anos atrás, para abrir uma conta corrente era necessário comparecer a uma agência do banco escolhido e conversar com a área responsável pela abertura de conta. 

Hoje, é possível fazer o procedimento presencialmente ou pela internet, de forma rápida e segura. Para isso é necessário se enquadrar em alguns requisitos, como ser maior de 18 anos, não ter restrições no nome e comprovar renda.

Para a análise de crédito, é preciso preencher formulários disponibilizados pelas instituições bancárias e apresentar alguns documentos como:

  • Nome completo;

  • Documento de identificação;

  • Endereço;

  • Número de telefone;

  • Dados sobre renda;

  • Foto para cadastro da biometria facial (em caso de conta digital).

No PAN você abre uma conta digital em poucos minutos, sem mensalidade, com cartão de crédito, limite emergencial e muitas outras vantagens.

Como saber se a minha conta é corrente ou poupança?

Normalmente, a distinção entre conta corrente e conta poupança pode ser encontrada no próprio internet banking ou aplicativo do seu banco. Para entender melhor a modalidade da sua conta, é possível observar as principais diferenças:

A conta corrente tem diversas funções

Como vimos, a conta corrente pode ser digital ou não. Em todos os casos, ela oferece mais funções, produtos e serviços do que a conta poupança 

É possível pedir portabilidade de salário, solicitar empréstimos, usar cartão de crédito e débito, acessar cheque especial e muito mais com a conta corrente, ao contrário da conta poupança.

A conta poupança é mais limitada

A conta poupança não permite pagamento de salário e, geralmente, não conta com a possibilidade de pedir cartão de crédito ou empréstimos. Logo, ela é mais limitada do que uma conta corrente, seja ela digital ou tradicional, que tem mais funções e produtos associados disponíveis.

É possível declarar a conta corrente no imposto de renda?

ALT: Foto mostra um homem e uma mulher olhando para um papel. A mulher veste uma camisa vermelha e o homem uma camisa de tom cinza escuro. Ambos usam óculos. Eles estão em uma cozinha, na mesa há uma caneca, um notebook e algumas laranjas no canto.

Todos os anos, nos meses que antecedem o prazo de entrega do imposto de renda, os bancos enviam para os clientes ou disponibilizam no site os informes de rendimentos da conta corrente. Esse documento traz as principais informações para declarar sua conta.

Mas lembre-se que só é obrigatório declarar sua conta corrente se você se enquadra em uma das situações a seguir:

  • Recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 ou teve rendimento de investimentos acima de R$ 40.000,00;

  • Com atividade rural, recebeu valores superiores a R$ 142.798,50;

  • Teve a posse ou a propriedade de bens ou direitos acima de R$ 300.000,00;

  • Realizou operações em bolsas de valores;

  • Passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano-calendário.

Além disso, só é necessário caso sua conta corrente tenha um saldo mínimo de R$ 140,00 no último dia do calendário do imposto de renda. Por exemplo, em 2022, é necessário declarar o saldo que constava na conta em 31/12/2021, caso seja superior ao valor citado.

No site da Receita Federal, a declaração é feita a partir dos seguintes passos:

  • Acesse a aba “Bens e Direitos”;

  • Selecione “Código 1 - Depósito em conta corrente ou conta pagamento”;

  • Clique em “novo”;

  • Informe o CNPJ da instituição financeira, o número da agência bancária (sem o dígito verificador) e número da conta com o dígito verificador (DV);

  • Selecione a instituição financeira;

  • Informe se a conta é conjunta e, se for, o CPF do titular;

  • Preencha o valor do saldo da sua conta em 31/12/2020 e 31/12/2021.

Como transferir dinheiro da conta salário para conta corrente?

Há algumas limitações para movimentações entre conta salário e conta corrente. Para transferir dinheiro, é preciso seguir alguns critérios como, obrigatoriamente, ser o titular das duas contas.

Se você possui uma conta salário em um banco e deseja transferir os fundos para uma conta corrente em outro banco, você também precisa transferir o valor integral. Não é possível fazer a transferência de apenas uma parte do valor.

No caso da conta salário, também não é permitido receber transferências de terceiros. Somente o empregador pode fazer depósitos na conta, uma vez que essa modalidade é restrita para o recebimento de remuneração.

Se você preferir, pode fazer a portabilidade da conta-salário para conta corrente ou digital, com mais liberdade para movimentações e vantagens. Confira o passo a passo de como fazer a portabilidade da conta-salário para conta digital.