Quanto devo guardar do meu salário por mês

Poupar é importante, mas nem todo mundo sabe quanto deve guardar do salário

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

Poupar uma parte dos rendimentos do mês é uma alternativa para quem deseja juntar uma grana e, assim, ficar um pouco mais tranquilo em relação às contas, emergências e até para fazer investimentos. Mas quanto deve-se guardar do salário?

Saber esse percentual é fundamental para garantir que uma parte do que você ganha será guardada. Ao mesmo tempo, ter noção do quanto do salário será poupado permite planejar como usar o que você ganha.

Afinal, poupar é importante, mas sem deixar de pagar as contas. Por isso, vamos falar sobre quanto deve-se guardar do salário por mês. 

Como deve ser gasto o salário?

foto de pessoa sentada diante de mesa com notebook e papéis, com destaque para calculadora

Por mais que você queira juntar dinheiro, não tem como guardar o salário todo. O que deve ser feito é um bom planejamento financeiro para que você mantenha seu padrão de vida, pague contas e também poupe.

Dá para fazer tudo isso e muito mais com o salário. Mas, antes, você precisa entender o quanto ganha de fato. Se não souber o seu salário líquido, dificilmente vai dar para definir qual fatia desse valor deve ser guardada.  

Depois de saber de fato o quanto que entra na sua conta de salário, é hora de direcionar os recursos para aquilo que é necessário: despesas básicas, prioridades financeiras, para seu estilo de vida etc.

Uma ação que pode ajudar a direcionar os seus rendimentos do mês é a regra 50-15-35, uma boa alternativa para organizar a vida financeira. Em resumo, a ideia é que você divida os seus ganhos mensais da seguinte maneira:

  • 50% para despesas básicas, como aluguel, financiamentos, alimentação, contas de água e luz, supermercado e outros itens que são necessários para a sua vida;

  • 15% para as prioridades financeiras, como o pagamento de dívidas, a construção de sua reserva de emergência e também para realizar investimentos;

  • 35% para o seu estilo de vida, o que envolve cuidados com o corpo e a mente, como aquele cineminha, a comida especial do fim de semana, academia e viagens.

Essa regra ajudará você a distribuir melhor os seus ganhos ao longo do mês e não deixar nada faltando. Assim, além das contas, você pagará eventuais dívidas e, por fim, poderá guardar parte do salário todo mês.

Quanto guardar do salário por mês

foto de moeda de real, com outras moedas ao lado e com papel e caneta ao fundo

Caso você tenha gostado da regra 50-15-35 e não possua prioridades financeiras como financiamentos ou dívidas, os 15% do seu salário podem ser poupados. Assim, você mantém o pagamento de despesas básicas e seu estilo de vida.

Também existem indicações de especialistas que dizem que o ideal é reservar 10% dos ganhos mensais, como afirma Celson Placido, da escola de negócios e finanças Proseek, em entrevista para o portal UOL.

Vamos considerar as duas porcentagens acima aplicadas na vida de alguém que recebe um salário de R$ 2.000:

  • Ao guardar 15% do salário todo mês, a pessoa reservará R$ 300. Ao longo de 1 ano, o total poupado será de R$ 3.600.

  • Já se a pessoa guardar 10% dos rendimentos mensais, serão R$ 200 poupados por mês. O total será de R$ 2.400 em 1 ano.

Ao longo de 12 meses, reservando entre 10% e 15% do salário, a pessoa que ganha R$ 2.000 terá uma quantia até maior do que seria o seu 13º salário. 

Porém, nem todo mundo consegue poupar esse percentual. Afinal os rendimentos de muitas famílias são totalmente dedicados às despesas e fica difícil sobrar algum dinheiro para guardar.

Por isso, a regra para guardar salário é: reserve o máximo possível, desde que não prejudique o pagamento de despesas e não limite a sua vida. Por exemplo: se pode reservar 20% do salário sem que essa quantia faça falta no orçamento, então faça!

Agora, em outra situação hipotética, se no fim do mês sobraram apenas 5% dos rendimentos para guardar, guarde mesmo assim. É melhor guardar um pouco do salário do que acabar o mês sem guardar nada.

Uma maneira de fazer sobrar mais dinheiro é reduzir gastos e aumentar suas receitas. Dessa maneira, será possível aumentar o percentual de ganhos que você guardará. Nessas horas, conseguir uma renda extra ajuda bastante.

Por que poupar com recorrência?

foto de mulher sorrindo enquanto olha para o celular, sentada em sala de estar. Ela é negra, tem cabelos cacheados, usa óculos e veste blusa manga longa cinza

Quem guarda dinheiro todo mês pode aumentar a reserva de emergência, que é aquele dinheiro que pode ser usado diante de qualquer situação inesperada sem prejudicar o orçamento doméstico.

Além disso, ao separar uma parte do salário todo mês para guardar, você evita ficar longos períodos sem reservar parte dos seus ganhos.  

Ao mesmo tempo, ao definir quanto do seu salário pode ser guardado, é estabelecido um limite para poupar. Isso faz com que todas as suas outras despesas continuem sendo quitadas, sem que a reserva deixe de ser feita.

Por fim, estabelecer quanto guardar do salário de acordo com a sua realidade contribui para atingir objetivos de curto, médio e longo prazo, sem prejudicar o seu estilo de vida.

Por exemplo: se você quer realizar um sonho em curto prazo, dá para adaptar os seus gastos para reservar uma quantia maior dos rendimentos todo mês e, dessa maneira, ficar mais perto de alcançar o objetivo.

Imagina que aquela pessoa que ganha R$ 2.000 deseja fazer, dali 1 ano, uma viagem que custa R$ 4.800. Ela pode se ajustar para reservar todo mês R$ 400 (ou seja, 20% da renda dela). Assim, depois de 12 meses terá a grana para viajar.

Logo, é importante que você tenha objetivos bem definidos para saber quanto deve guardar do salário e durante quanto tempo. Em vez de apenas juntar dinheiro por juntar, guarde parte do salário para realizar sonhos e cumprir metas. 

Isso te deixará com mais foco para separar todo mês um pouco dos rendimentos. Afinal, esse esforço valerá a pena no futuro quando você conquistar aquilo que sonhou com o dinheiro guardado mensalmente.

Agora que você já sabe quanto pode guardar do salário por mês, veja 11 dicas essenciais para te ajudar a começar a poupar dinheiro!