Confira dicas para comprar online com segurança e economia

É importante saber como comprar online com segurança e ainda aproveitar preços baixos

Controle
Seus Gastos
Por Redacao PAN

A internet está cheia de boas oportunidades pra quem gosta de fazer compras e aproveitar ofertas, mas você sabe como comprar online com segurança e ainda pesquisar os melhores preços? 

Algumas ofertas podem parecer um bom negócio, mas, sem os devidos cuidados, fica mais fácil cair em golpes online. Aliás, há mais tentativas de fraudes em compras online do que antes, segundo pesquisa da empresa de soluções antifraude ClearSale

Celulares, eletrônicos, jogos, itens automotivos, esportivos e eletrodomésticos estão entre algumas categorias de produtos que os criminosos usam mais para tentar aplicar golpes. 

Além de tomar cuidado com fraudes, também é importante pesquisar promoções para não prejudicar o planejamento financeiro. Com isso, é possível comprar online de forma segura e barata, sem deixar de adquirir aquele item que você tanto desejava. 

Como realizar compras com segurança na internet? 

Para fazer compras online de forma segura, é fundamental ver se o site de venda é conhecido, tem boas referências e avaliações na internet e se possui perfis em redes sociais. Procurar o nome do site em ferramentas de busca e ver os resultados é um bom começo. 

Também é importante ver se o site é seguro. Afinal, os criminosos podem criar páginas falsas na internet apenas para pegar dados bancários de consumidores que foram enganados.  

Não acessar links por e-mail ou anúncios em sites de busca também é uma medida de segurança, pois os links podem ser uma tentativa de golpe. Ao ver uma promoção, digite o nome do site de compras em ferramentas de busca e acesse a loja online para ver se a oferta é real. 

Por falar em ofertas, desconfie de anúncios que prometem mercadorias por itens com preço baixo demais. Pode ser apenas um atrativo para roubarem seu dinheiro ou informações pessoais. Se a oferta for boa demais, é melhor desconfiar. 

Os sites também não solicitam a senha do seu cartão, mesmo que a compra seja com cartão de crédito, por exemplo. As informações solicitadas, em geral, estão sempre no cartão físico ou virtual, mas a senha não deve ser solicitada. Se for, suspeite do site. 

A loja online também deve oferecer opções de atendimento ao cliente e quanto mais canais, melhor. Por isso, veja se a loja tem telefone, chat, páginas em redes sociais, CNPJ, endereço e outras informações que indicam que a empresa realmente existe. 

Na hora de comprar pela internet, também é bom evitar o uso de computadores públicos, de lan houses ou mesmo de outra pessoa. Sempre faça a compra do seu próprio equipamento ou celular para não correr o risco de usar informações que serão acessadas por terceiros. 

Por fim, se a compra for pelo celular, vale seguir as dicas abaixo: 

  • se for usar o aplicativo do site de venda, veja as avaliações do app na loja do celular 

  • observe se o app a ser baixado é uma réplica de um original. O nome do desenvolvedor do app, que aparece na loja do celular, é um indicativo de que o aplicativo foi feito, de fato, pelo site original 

  • tome cuidado com informações bancárias salvas automaticamente. O ideal é sempre preencher os dados de forma manual, sem o recurso de autocompletar formulários de compra 

  • caso acesse a loja online pelo navegador do celular, valem os mesmos cuidados de compra em sites que listamos acima (ver se o site é seguro e conhecido, não clicar em links aleatórios e desconfiar de ofertas boas demais para serem verdade).

7 dicas para economizar nas compras online

Mulher de blusa rosa cujo rosto não aparece segura um celular na mão esquerda e um cartão bancário na mão direita

Depois das precauções de segurança, é hora de economizar na compra pela internet. Mesmo na hora de gastar é importante usar o bom e velho planejamento financeiro para não se enrolar.

Pesquisar preços é essencial para encontrar as melhores ofertas. Como existem muitos sites que comercializam os mesmos produtos ou mercadorias similares, cada um pode ter preços diferentes. Assim, buscar o menor preço em um site confiável é a saída para economizar, com segurança.

  1. Use comparadores de preço

Existem sites que comparam preços dos mesmos produtos em diferentes lojas. Com isso, além de pesquisar por conta própria, é possível acessar um comparador, buscar pelo produto do seu interesse e ver o preço do item em diferentes lojas online.

  1. Aproveite promoções

Datas como Black Friday (que acontece em novembro), quando o comércio realiza liquidações para vender mais, são boas oportunidades de economia. Vale ficar de olho também em promoções específicas das lojas. 

Ilustração de fundo azul mostra 4 etiquetas com o símbolo de % penduradas e um pacote de presente azul com um laço avermelhado em volta

Os cupons de desconto aparecem em algumas lojas online, aplicativos de delivery ou mesmo em sites específicos que podem ser acessados pela busca na internet. Veja ainda se a loja online não divulgou cupons em aplicativos ou páginas de redes sociais.   

  1. Aproveite programas de pontos e de cashback

Programas de pontos são outro recurso que ajuda a economizar na hora de comprar online. A cada compra realizada, é possível acumular pontos que podem ser usados nas compras, seja para obter descontos ou mesmo para adquirir produtos apenas com os pontos. 

Eles podem ser acessados a partir da aquisição de um cartão de crédito. No caso dos cartões de crédito do Banco PAN, os clientes têm o Programa de Recompensas PAN Mais, que oferece mais de 800 mil produtos. 

Também é possível receber parte do dinheiro usado nas compras de volta, nos programas de cashback. O Banco PAN oferece cashback em alguns modelos de seu cartão e nos produtos emitidos em parceria com a Méliuz e com a Mooba

  1. Observe se a forma de pagamento altera o valor

Alguns sites oferecem descontos conforme a forma de pagamento. O produto pode sair mais barato se for pago à vista, por exemplo. Por isso, é bom ver se dá pra obter descontos valiosos de acordo com a forma de pagamento escolhida. 

  1. Considere comprar produtos usados

 Mulher de blusa amarela sentada em um sofá sorri ao olhar uma calça jeans e=que ela está tirando de uma caixa

Existem aplicativos, sites e grupos específicos para a compra de itens usados. Esse tipo de produto pode ter um preço bem atrativo e ajuda na economia.  

Não é à toa que, segundo pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), mais pessoas compraram usados online entre agosto de 2020 e 2021. 

Quer fazer compras e não tem certeza se a situação financeira está boa para isso? É possível conferir se a saúde do seu bolso está boa ou não. Acesse a “calculadora” de saúde financeira da Febraban.